MAIA NO RODA VIVA: “ME DÊ MOTIVO!”

Rodrigo Maia, o presidente da Câmara dos Deputados, foi o entrevistado de ontem no programa “Roda Viva”. Com dezenas de pedidos de impeachment de Bolsonaro sobre sua mesa Rodrigo Maia, ao ser questionado sobre o assunto, disse que não vê qualquer motivo para dar encaminhamento ao impeachment. Nem mesmo quando os entrevistadores lembraram os ataques de Bolsonaro às instituições democráticas e sua gestão temerária na pandemia do coronavírus. Maia afirmou que não vê qualquer motivo para que seja pautado o impeachment de Jair Bolsonaro.

E mais: disse que não aceitará qualquer tipo de pressão para que o processo de impeachment seja aberto e que o motivo que levou ao impeachment da ex-Presidente Dilma (as pedaladas fiscais) foi muito mais grave do que os crimes que estão citados nas dezenas pedidos do impeachment de Bolsonaro. Rodrigo Maia lembrou que ele próprio votou pelo impeachment da Dilma.

Maia ainda lembrou do Temer. Disse que o defendeu e que, mesmo com as provas escancaradas (“tem que manter isso, viu?”), ele não viu também qualquer motivo para o afastamento do Temer.

Depois dessa, pedindo licença a outro Maia, o saudoso Tim, lembro uma das canções que o imortalizou: “Me dê motivo”. O mandato de Rodrigo Maia termina em fevereiro e, depois da entrevista de ontem, certamente Bolsonaro irá cantar a música do saudoso Tim quando o Rodrigo Maia deixar a Presidência da Câmara: “Me dê motivo/Prá ir embora/Estou vendo a hora/de te perder…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s