ONDE ESTÁ A BALBÚRDIA?

weintraub 2

“Foi o melhor ENEM de todos os tempos.” (Abraham Weintraub, o ministro semi-analfabeto da Educação, em 17 de janeiro de 2020).

“Justiça veta divulgação de resultado do SISU e manda MEC comprovar correção de erro no ENEM.” (Notícia publicada em 24 de janeiro de 2020).

Abraham Weintraub, o ministro bolsonarista e semi-analfabeto da Educação, que chamou as universidades federais de “espaços de balbúrdia”, está causando um verdadeiro inferno para os estudantes que fizeram o ENEM. Depois dos erros nas notas de milhares de participantes do exame, agora uma ação movida pela Defensoria Pública da União levou a 8a. Vara Cível de São Paulo a determinar a suspensão do processo do SISU (Sistema de Seleção Unificada) tão logo as inscrições forem encerradas.

A decisão da Justiça tem como fulcro os gravíssimos erros cometidos nas correções de milhares de provas o que, evidentemente, levaria milhares de alunos a serem prejudicados, caso os resultados fossem divulgados sem as devidas correções. A falha na correção das provas já é vista como a mais grave de toda a história do ENEM e, consequentemente, irá retardar o processo de seleção e aumentar ainda mais a angústia de milhares de estudantes. Uma verdadeira balbúrdia (esta sim!) causada pela incompetência de um governo e por seu ministro da Educação, que mal sabe escrever em língua portuguesa. Com a decisão da Justiça, os resultados do SISU, programados para serem divulgados no próximo dia 28, irão atrasar e o calendário do “melhor ENEM de todos os tempos”, como falou o ministro semi-analfabeto, também já virou uma balbúrdia. Isso, sem contar que o ENEM de 2019 deverá ser o mais judicializado de todos os tempos por conta dos erros do governo, na medida em que já estão pipocando ações individuais na Justiça.

De nossa parte, nenhum surpresa. Um governo que é inimigo dos professores, da educação, dos estudantes, da cultura, da ciência e da pesquisa, ter qualquer pessoa que mal sabe escrever no comando da pasta da Educação não é nenhuma novidade. A lamentar pelos alunos que estudaram, se empenharam, vivem a ansiedade de ingressar na universidade, mas são frustrados por um governo absolutamente incompetente.

Weintraub, o ministro semi-analfabeto, já encontrou um culpado para os problemas e, de dentro de seu perene transtorno mental, acusou “partidos radicais de esquerda” pela difusão das reclamações. Parece que a “balbúrdia” está mesmo instalada no MEC e na mente doentia desse elemento que, desgraçadamente, ainda é a maior “autoridade” da educação brasileira.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s