O “EXCRETÓRIO” DA PRIMEIRA-DAMA

Helena Witzel, a agora ex-primeira-dama do Estado do Rio de Janeiro, ao que tudo indica era uma espécie de “Adriana Ancelmo 2”. Advogada, Helena Witzel está diretamente envolvida na organização criminosa comandada pelo seu marido e agora governador afastado.

As investigações mostram que o escritório de advocacia de Helena Witzel recebia dinheiro de contratos fajutos assinados com o governo do Estado. Dinheiro sujo, desviado dos cofres públicos. Mas tudo leva a crer que Witzel transformou o escritório de sua própria esposa em “excretório”, ou seja, o escritório recebia o dinheiro desviado e “lavava” o dinheiro sujo, transferindo-o para a conta de Wilson Witzel. As investigações mostram que meio milhão de reais passaram pelo escritório, ou melhor, pelo “excretório” de Helena Witzel. O próprio Witzel, segundo as investigações ( e um e-mail comprova isso) orientava para que os contratos fraudados fossem feitos no escritório de sua esposa, que transformou-se na lavanderia da quadrilha que, com os votos dos bolsonaristas, chegou ao poder e tomou de assalto o Estado do Rio de Janeiro.

Algumas conclusões das investigações ainda estão em sigilo e tudo leva a crer que o “excretório” da ex-primeira-dama lavou muito mais sujeira do que já temos conhecimento.

Esperemos por outras excreções…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s