STJ AFASTA WITZEL

Wilson Witzel acaba de ser afastado do cargo de Governador do Estado do Rio de Janeiro pelo STJ. Eleito na onda bolsonarista, Witzel, com “capa de moralista”, sucumbiu aos escândalos de corrupção na Secretaria de Saúde. Edmar Santos, seu Secretário corrupto de Saúde, abriu o bico em sua delação. Só se deixou iludir quem quis. Antes da eleição, ele apareceu em um vídeo ensinando magistrados a ganharem mais dinheiro fora da lei. Antes da eleição, ele não escondia os relacionamentos espúrios com o empresário corrupto Mário Peixoto.

Para atrair os bolsonaristas, aliou-se e teve o apoio do “Flavio das Rachadinhas”. Então, os bolsonaristas votaram nele.

Ele ia “dar tiro na cabecinha”. Agora, o “xerife que fugiu de bandidos do Espírito Santo” está fora. Nem foi preciso o impeachment. Até nunca mais, fascista!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s