BANDIDO QUE QUEBROU O RELÓGIO É IDENTIFICADO

O bandido bolsonarista que destruiu o relógio trazido por D. João VI para o Brasil em 1808 foi reconhecido pela sua irmã, pelo seu ex-chefe, por um vizinho e pela proprietária do imóvel em que reside. O nome do delinquente é ANTÔNIO CLÁUDIO ALVES FERREIRA. O vagabundo bolsonarista tem 30 anos de idade e mora na cidade de Catalão, interior de Goiás. Na ocasião do crime, o bandido trajava uma camisa com a cara de seu líder fascista Jair Bolsonaro.

O bandido encontra-se foragido desde o dia 8 de janeiro, quando participou da tentativa de golpe de Estado em que os fascistas depredaram os prédios dos três poderes. Agora, resta à polícia capturar mais esse bandido fascista e golpista. Que ele pague, civil e criminalmente, pelo estrago que fez com uma das maiores relíquias históricas do Brasil.

Cadeia para o bandido bolsonarista ANTÔNIO CLÁUDIO ALVES FERREIRA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s