ALERTA NA BARIRI: REPUDIAMOS AS MANOBRAS PARA PREJUDICAR O OLARIA!

O Olaria está a um empate de voltar à elite do futebol do Rio de Janeiro. Desacreditado desde o ano passado, quando disputou a incômoda terceira divisão e só o campeão subia, o clube da Rua Bariri calou os “astrólogos” do futebol, foi o campeão e desbancou o poderosíssimo time de escritório que era dado como franco favorito. Pérolas da vida…

Agora na final com o Volta Redonda, o Olaria venceu o primeiro jogo por 2 a 1. Foi o quarto jogo entre o Olaria e o Volta Redonda pelo certame, com duas vitórias do Olaria e dois empates. Parece que, na bola, o “favorito” não consegue bater o azulão da Bariri. Então, cuidado, porque o Olaria está incomodando. E o alerta já foi dado no primeiro jogo. O árbitro Wagner Magalhães abusou em prejudicar o Olaria. Não marcou um pênalti claro no primeiro tempo, quando a bola nitidamente tocou na mão do zagueiro do Volta Redonda dentro da área; deixou que os jogadores do Volta Redonda, livremente, caçassem o meia Pedrinho em campo, em um revezamento criminoso de faltas violentas e, na primeira falta cometida por Pedrinho, aplicou-lhe o amarelo; não satisfeito, ainda deu exagerados 5 minutos de acréscimo, quando nada justificava tanto jogo a mais. Ainda não satisfeito, acrescentou mais 1 minuto, porém não foi o suficiente para o Volta Redonda empatar. Final: Olaria 2 a 1 e agora com a vantagem do empate no segundo jogo, que estava marcado para a próxima quarta-feira, dia 24, às 15 horas, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A tabela com das datas, locais e horários dos dois jogos finais, foram divulgadas no site da Federação já no domingo, dia 14.

Só que agora, depois do senhor Wagner Magalhães, a Federação deu claramente a entender que também “entrou em campo” para socorrer o “favoritíssimo” na final. Logo após o jogo de quarta-feira, estranhamente a Federação comunicou que “atendendo a um pedido do Volta Redonda”, mudou o dia e horário da segunda partida, que agora está marcada para quinta-feira, dia 25, às 19 horas, em Volta Redonda. As justificativas para atender a tal pedido não podem ser outras, senão prejudicar o Olaria. Por quê?

Em primeiro lugar, não cabe a justificativa de que seja necessário o cumprimento do intervalo mínimo legal de 72 horas entre uma partida e outra. Isso porque o Volta Redonda, que disputa paralelamente a série C do Brasileiro, fará um jogo no domingo, dia 21, às 11 da manhã. Como o segundo jogo com o Olaria estava marcado para o dia 24 às 15 horas, o intervalo de 72 horas seria mais do que cumprido. Aliás, é bom lembrar que o Volta Redonda teve muitos de seus jogos adiados por conta do cumprimento legal das 72 horas de intervalo, o que lhe deu a vantagem de, em muitas rodadas, jogar já sabendo de todos os outros resultados. E quem entende uma letra de futebol sabe que jogar já tendo conhecimento dos demais resultados é uma baita vantagem.

Em segundo lugar, o site do Globo Esporte publicou que o pedido do Volta Redonda se justificou para que o time da Cidade do Aço pudesse contar com o apoio em massa de sua torcida e por isso achou melhor fugir de quarta-feira, quando Flamengo e Fluminense jogarão pela Copa do Brasil. Absurdo! Os jogos da Copa do Brasil são às 9 e meia da noite. Como que um jogo que começa às 3 da tarde e termina por volta das 5 horas, vai perder público para jogos que começam às 9 e meia da noite? Conta outra!

Há algo de estranho em tudo isso. As datas dos jogos finais já eram conhecidas desde o último domingo, dia 14. E o Volta Redonda não se manifestou. A possibilidade de Flamengo e Fluminense se classificarem na Copa do Brasil eram grandes, os horários dos jogos da Copa do Brasil já eram conhecidos. E o Volta Redonda deixou passar a segunda-feira, terça-feira, quarta-feira para, logo depois da vitória do Olaria no primeiro jogo, solicitar a mudança do dia e horário do segundo jogo.

Claro que o Volta Redonda ganha: tem jogadores contundidos, é mais tempo para se recuperarem; tem um jogo no domingo, é mais tempo para descanso; e, jogando à noite, é verdade que terá mais torcedores a seu favor, pois o jogo sai do horário comercial. Se essa “solicitação” do Volta Redonda fosse feita imediatamente após a publicação das datas e horários originais, a coisa não seria tão escancarada. Mas sendo feita logo depois da vitória do Olaria no primeiro jogo, parece não haver dúvidas do conluio para surrupiar o título e o acesso do Olaria.

A verdade é que ninguém acreditava no Olaria, nem a própria Federação. Mas quem conhece o Olaria sabe. Um trabalho sério de recuperação administrativa liderado pelo presidente Lenivaldo já faz os olarienses, depois de 10 anos de frustrações, vislumbrarem a elite do futebol do Rio de Janeiro. O próprio Volta Redonda já percebeu que, na bola, está sendo muito difícil. O “favoritíssimo” já jogou quatro vezes com o Olaria na competição e não venceu nenhuma. Foram duas vitórias do Olaria e dois empates.

O sinal de alerta está aceso na Rua Bariri e, independente de qualquer protesto formal da diretoria ou dos poderes do clube, estamos aqui fazendo nosso protesto, expressando nossa repulsa e clamando por respeito a uma instituição que tem 107 anos de serviços prestados ao futebol brasileiro. Aqui tem sim “camisa”. Só para lembrar: o Volta Redonda nem existia e Garrincha já tinha vestido a camisa do Olaria (1972); o Volta Redonda nem existia e o Olaria já tinha sido vice-campeão estadual (1933); o Volta Redonda nem existia e o Olaria já tinha dado a volta ao Mundo (1954); O Volta Redonda engatinhava quando Romário vestiu a camisa do Olaria (1979); e, para não nos alongarmos mais, o Volta Redonda também engatinhava quando o Olaria foi campeão brasileiro da série que hoje o Volta Redonda tenta conquistar (1981).

Aqui não tem Prefeitura. Aqui não tem Wolkswagen. Aqui não tem estádio emprestado por poder público. Aqui é tudo com o suor e trabalho dos olarienses e seus fiéis parceiros, como a Ric’s e seu gestor Ricardo Gonzaga. Respeitem o Olaria! Não admitiremos que nossa instituição seja vilipendiada! O Olaria não pede, o Olaria EXIGE respeito. Os usurpadores de plantão não vão tirar o acesso e o título do Olaria na mão grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s