FORA “TALIBÃS DO OBSCURANTISMO”!

Imagem acima: charge publicada na Folha de São Paulo de 29/03/2022.

O Ministério da Educação está sendo assaltado, não apenas nas verbas, com a corrupção comprovada que teve como consequência a demissão do pastor-ministro corrupto. O áudio que vazou da fala do agora ex-ministro Milton Ribeiro com os pastores que intermediavam a distribuição de verbas, fala em recursos do MEC “para a construção de igrejas”. A condição de laicidade, não apenas do Estado como do ensino e da educação, vem sendo pisoteada pelo governo fascista. O fundamentalismo obscurantista tomou conta do MEC e é preciso que se dê um freio nessa agressão. Quadros técnicos do INEP se demitiram, Bíblias são impressas com dinheiro do MEC ao custo de 70 reais cada e distribuídas para prefeituras e todos os ministros da Educação de Bolsonaro, sem exceção, demonstram ódio e desprezo pela ciência, pela universidade, pela pesquisa, pelo ensino crítico e laico.

Que o dinheiro do MEC está sendo roubado, não resta mais nenhuma dúvida. O ex-ministro-pastor já confessou na gravação. Mas o governo fascista e fundamentalista de Bolsonaro e seus ministros da Educação estão roubando a formação de gerações, estão fazendo de tudo para acabar com o ensino laico, em uma verdadeira investida fundamentalista. Eles são os talibãs do obscurantismo, que desprezam o saber científico, as artes e a cultura, e colocam uma religião acima de tudo. O templo ficou pequeno para essa gente.

Em sua “carta de despedida”, o agora ex-ministro Milton Ribeiro reforça a insistência em se ignorar a laicidade da educação e do Estado. Ele termina sua patética missiva com a frase “Deus acima de todos”. Esquece-se de dizer qual “Deus”. Seria Alá, Marduk, Apolo ou Dionísio?

Para além das investigações dos escândalos de corrupção no MEC, que são importantes para que as verbas assaltadas por fundamentalistas do obscurantismo sejam devolvidas e esses patifes presos, temos que retomar a conduta do MEC para voltar a sua direção para o ensino laico, público e de qualidade. E isso, infelizmente, se dependermos das aves de rapina bolsonaristas que usam a Bíblia como membrana, jamais irá acontecer. O MEC é da sociedade brasileira! O MEC não tem religião! Fora talibãs do obscurantismo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s