CALA A BOCA JÁ MORREU! FORA BOLSONARO!

A tentativa de Bolsonaro, através dos advogados do PL, de censurar o festival de música Lolapalooza depois que Pablo Vittar exibiu uma gigantesca bandeira com o rosto de Lula, não deu em nada. Atordoado com a liderança de Lula nas pesquisas, Bolsonaro ficou furioso ao ver a manifestação da cantora no festival, e pediu que seu partido acionasse a Justiça Eleitoral proibindo manifestações contra ele e a favor de Lula.

O ministro do TSE que tomou a decisão de censurar o festival de música foi Raul Araújo. É bom lembrar que esse mesmo magistrado não viu propaganda antecipada de Bolsonaro em outdoors espalhados por ele, mas viu nas manifestações de Pablo Vittar. A cantora Marina também se manifestou contra o fascista no festival.

Ocorre que, na ação, os advogados que defendiam os interesses de Bolsonaro erraram o CNPJ da empresa organizadora do evento. Na ação, os advogados mencionaram a empresa Lollapalooza Brasil Serviços de Internet LTDA, que nada tem a ver com a organização do festival. A empresa organizadora do evento é a Time For Fun, que não aparece na notificação. Assim, os organizadores ignoraram a proibição e, logo na abertura do último dia do festival, foi colocado no telão um rotundo “Fora Bolsonaro”. Não adiantou a censura de um juiz que parece ter dois pesos e duas medidas, nem a ira miliciana dos bolsonaristas. No fechamento do festival, Lula foi exaltado e Bolsonaro esculachado. E o último dia do festival se transformou em um grande ato contra o fascismo no Brasil. FORA BOLSONARO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s