50 ANOS DO GARRINCHA NO OLARIA

Imagem acima: banner comemorativo dos 50 anos de Garrincha no Olaria, exposto na sede da Rua Bariri.

Há exatos 50 anos, no dia 23 de fevereiro de 1972, Garrincha fazia sua estreia pelo Olaria. E o primeiro jogo do “anjo das pernas tortas” pelo Olaria não seria nada fácil. Era a abertura do campeonato estadual e o Olaria enfrentaria o Flamengo no Maracanã. A contratação de Garrincha pelo Olaria em 1972 representou um alento para a torcida bariri, visto que no ano anterior, mesmo chegando em terceiro lugar no campeonato estadual, o Olaria sofreu um golpe de bastidores e não foi incluído no campeonato brasileiro.

Imagem acima: Garrincha vestindo o manto bariri.

O jogo de estreia de Garrincha pelo Olaria foi, coincidentemente, uma quarta-feira como hoje, 50 anos depois. Quase 50 mil pessoas pagaram ingresso, em uma quarta-feira à noite, para assistir àquele histórico Flamengo X Olaria, público impensável para os dias atuais ( o borderô do jogo registra exatos 49.276 pagantes). O Olaria, além do Garrincha, tinha um bom time e naquele ano chegou na sexta colocação. Naquele histórico 23 de fevereiro de 1972 Zagallo, o então técnico do Flamengo, homenageou Garrincha, dando-lhe uma faixa de tricampeão mundial em reconhecimento por tudo o que Mané Garrincha fez pelo futebol brasileiro. Com a bola rolando, o jogo foi disputadíssimo. E os gols só sairiam na segunda etapa. Logo aos 9 minutos da etapa final Gessê abriu o placar para o Olaria. E o Flamengo só conseguiria o empate aos 25 minutos, com gol de Doval. 1 a 1 foi o placar final.

Imagem acima: antes do jogo de estreia de Garrincha pelo Olaria, Zagallo, técnico do Falmengo, ofertou ao craque da Bariri uma faixa de tricampeão mundial.

Naquele dia histórico para o futebol olariense e brasileiro, a equipe bariri atuou com: Beto, Aloísio, Mário Tito, Altivo e Mineiro; Gessê (Maurício) e Roberto Pinto; Garrincha (Robertinho), Ézio, Agnaldo e Fernando. Naquele campeonato de 1972, Garrincha atuaria 9 vezes pelo Olaria. Porém, os 2 gols marcados por Garrincha com a camisa do Olaria foram em jogos amistosos: um contra o Comercial de Ribeirão Preto e outro contra um selecionado de Juazeiro do Norte, no Ceará. Ironicamente, o último jogo oficial de Garrincha pelo Olaria foi contra o Botafogo, clube que o consagrou, no dia 23 de agosto de 1972.

Imagem acima: Garrincha no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, onde, com a camisa do Olaria, ele marcaria o último gol de sua carreira.

Poucos são os jogadores olarienses que atuaram com Garrincha que temos contato hoje. Enquanto alguns já faleceram, de outros não temos mais notícias. Porém, Carlos Roberto de Nigro, o Beto, goleiro que atuou no histórico jogo de 23 de fevereiro de 1972, não apenas frequenta regularmente o clube da Rua Bariri, como também é conselheiro do clube. No último domingo, estivemos com Beto na Rua Bariri ouvindo, com emoção, detalhes daquele jogo histórico da estreia do Garrincha pelo Olaria. Beto até posou para um foto no banner comemorativo colocado pela diretoria na entrada do clube.

Imagem acima: Beto, o goleiro do Olaria no jogo de estreia de Garrincha, junto ao banner comemorativo dos 50 anos da passagem de Garrincha pelo clube.

No total, Garrincha faria 18 jogos pelo Olaria, incluindo partidas oficiais e amistosos. Neste dia 23 de fevereiro, todo olariense tem mais um motivo para se orgulhar e celebrar uma data que enche de gáudio qualquer torcedor. Isso sim é ter história! O resto a gente compra (ou vende!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s