VÍDEO: FUX QUER QUE STF “FURE FILA” DA VACINA

A exemplo do que aconteceu no início do mês, quando os procuradores de São Paulo pretendiam “furar a fila” da vacinação contra a Covid-19, ao solicitarem a prioridade para eles, agora foi a vez do STF solicitar à Fiocruz uma reserva de vacinas para ministros e servidores da Suprema Corte. Ao todo, o pedido do STF encaminhado à Fiocruz atingiria um total de 7 mil pessoas, entre juízes e servidores. A Fiocruz, no entanto, rejeitou o pedido de prioridade reivindicado pelo STF, pedido que significaria, na prática, “furar a fila” da vacina.

Em sua resposta ao STF, a Fiocruz informou que “a produção dessas vacinas será, portanto, integralmente destinada ao Ministério da Saúde, não cabendo à Fundação atender a qualquer demanda específica por vacinas”.

A pergunta que fica é: por que os juízes e servidores do STF, assim como os procuradores de São Paulo, se julgam no direito de ter prioridade na imunização? Seria por que eles estão em contato com o público? Mas, e os entregadores de aplicativos? E os trabalhadores em transportes públicos?

Parece que, antes mesmo de a vacinação ser iniciada, já há um clima de “salve-se quem puder” ou de “para farinha pouca, meu pirão primeiro” por parte daqueles que deveriam dar o exemplo.

Luiz Fux, o presidente do STF, disse em entrevista à TV Justiça, que “o que nós fizemos foi entrar, de forma delicada, ética, com um pedido dentro das possibilidades, quando todas as prioridades forem cumpridas, que os tribunais superiores tenham meios para trabalhar e, para isso, precisa vacinar”. Furar fila de forma “delicada e ética”? Conta outra Fux! Assistam ao vídeo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s