SERVIDORES MUNICIPAIS: PARA COBRAR DO PAES E DOS VEREADORES

Terminadas as eleições municipais, os servidores da Prefeitura do Rio de Janeiro devem estar atentos para as promessas do prefeito eleito, Eduardo Paes, bem como dos vereadores. Eduardo Paes, em seu elenco de propostas de seu governo, fez algumas promessas aos servidores municipais. As mais importantes foram: a volta do pagamento dos salários no segundo dia útil do mês, o reajuste de salários que compense as perdas da inflação e a antecipação para julho do pagamento da primeira parcela do décimo-terceiro salário. Essas propostas constam no programa de governo de Eduardo Paes que foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral. Estas promessas em relação aos servidores também constam em uma carta-compromisso publicada por Eduardo Paes em seu site. A carta-compromisso pode ser acessada abaixo:

Mas não foi apenas o prefeito eleito que fez promessas. Os vereadores eleitos para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro também se comprometeram com algumas pautas de interesse dos servidores. Uma enquete feita com todos os 51 vereadores eleitos perguntou (nem todos responderam):

Você é a favor de aumentar a alíquota dos ativos e inativos do serviço público municipal, de 11% para 14%, a fim de reduzir o rombo da previdência?

26 vereadores (a maioria) responderam que NÃO. Isso significa que não haveria maioria na Câmara para, em uma eventual reforma da previdência municipal, o aumento da alíquota de contribuição ser aumentado. A enquete foi publicada nessa segunda-feira, dia 30 de novembro, na página 31 do jornal O Globo. Entendemos que é fundamental publicar os nomes dos vereadores que se comprometeram em não votar a favor do aumento da alíquota de contribuição e que, desse modo, assumem publicamente um compromisso com os servidores municipais. São eles: César Maia (DEM), Verônica Costa (DEM), Laura Carneiro (DEM), Tarcísio Motta (PSOL), Chico Alencar (PSOL), Mônica Benício (PSOL), Paulo Pinheiro (PSOL), Thais Ferreira (PSOL), William Siri (PSOL), Dr. Marcos Paulo (PSOL), Inaldo Silva (Republicanos), Waldir Brazão (Avante), Tainá de Paula (PT), Luciana Novaes (PT), Reimont (PT), Gabriel Monteiro (PSD), Teresa Bergher (Cidadania), Vera LIns (PP), Marcelo Arar (PTB), Márcio Santos (PTB), Rosa Fernandes (PSC), Dr.João Ricardo (PSC), Vitor Hugo (MDB), Wellington Dias (PDT), Dr. Carlos Eduardo (Podemos) e Rogério Amorim (PSL).

Apenas dois vereadores afirmaram ser a favor do aumento da alíquota para os servidores: Ulisses Marins (Republicanos) e Pedro Duarte (Novo). Os demais vereadores não responderam à enquete. Agora, com as promessas do prefeito eleito e com o compromisso dos vereadores eleitos, cabe aos servidores cobrarem o que foi prometido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s