BOZO, “O DALTÔNICO”, CENSUROU NOTÍCIA DE ASSASSINATO

Jair Bolsonaro, que se diz “daltônico”, pois para ele, como o próprio afirmou, “todos têm a mesma cor”, ordenou que a notícia sobre o assassinato de João Alberto por seguranças do supermercado Carrefour na véspera do Dia da Consciência Negra fosse ignorada pela EBC, a Empresa Brasil de Comunicação, administrada pelo governo federal.

O próprio Bolsonaro não se manifestou sobre o assassinato de João Alberto, dizendo ser “daltônico”. Não satisfeito, ainda ordenou aos funcionários da EBC que não mencionassem o assassinato, que ganhou repercussão mundial. Essa outra vergonha do governo Bolsonaro pode ser vista com detalhes em reportagem do jornalista Guilherme Amado, da revista Época, em matéria publicada no site da revista neste sábado, 28 de novembro.

Tanto Bolsonaro como o seu vice Mourão negaram explicitamente a existência do racismo no Brasil. A censura imposta à notícia do assassinato de João Alberto é mais uma mostra do que esse governo fascista representa.

Se o gestor da EBC demonstrasse um mínimo de dignidade, teria se demitido diante de uma censura absurda e inadmissível. Mas o senhor Glen Lopes Valente, que é publicitário e preside a EBC, acatou a ordem de censura a um episódio de repercussão mundial. Está provado que a EBC transformou-se em mais uma ferramenta a serviço do fascismo bolsonarista e não a serviço do país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s