A “FRENTE AMPLA” EM SÃO PAULO

Finalmente uma frente ampla de esquerda e centro-esquerda foi formada em São Paulo para apoiar a candidatura de Guilherme Boulos (PSOL) no segundo turno, contra o tucano Bruno Covas. A frente ampla que surgiu na eleição paulistana conta com PT, PDT, PCdoB e Rede. Lula, Ciro Gomes, Flávio Dino e Marina Silva gravaram vídeos em apoio à candidatura de Boulos e, assim, podemos dizer que foi possível formar a tal frente ampla de esquerda e centro-esquerda. Se bem que nenhum dos partidos, dadas as alternativas, teria como negar o apoio a Boulos. Quanto à Marina Silva, ficamos sempre com “um pé atrás”. Será que se Boulos fosse do PT ela apoiaria? Ou faria como fez em 2014, apoiando o Aécio por pura vingança contra o PT? Não sei. De qualquer modo, nasceu uma frente ampla.

A grande questão é viabilizar essa frente para 2022. Porque, potencialmente, Lula, Ciro, Dino e Marina são presidenciáveis. E em 2022, quem abriria mão? E quem viria na cabeça? E quem viria como vice? Porque uma coisa é essas lideranças apoiarem um candidato sem nenhum deles estar na disputa. Outra coisa é todos aspirarem disputar a Presidência da República. Portanto, a pergunta que fica, e que é a pergunta essencial, é: essa frente sobreviveria e chegaria a um acordo para 2022? Ou as vaidades, ressentimentos, picuinhas e vinganças pueris serão mais fortes? Aguardemos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s