A GRANA NAS NÁDEGAS DO BOLSONARISTA

A operação da Polícia Federal denominada “Desvid-19”, que apura as falcatruas com o dinheiro público destinado ao combate à pandemia, descobriu onde o senador Chico Rodrigues (DEM) do estado de Roraima e vice-líder do governo no Senado escondia a grana desviada: dentro da bunda. A Polícia Federal esteve na casa do senador bolsonarista, em Boa Vista, onde encontrou 30 mil reais em dinheiro vivo. Parte da grana estava entre as nádegas. A notícia foi inicialmente veiculada ontem, 14 de outubro, pela revista Crusoé e hoje já é confirmada por várias mídias. A investigação estima um roubo de 20 milhões em emendas parlamentares.

Com requintes de nojeira, as evidências da corrupção (que Bolsonaro disse ter acabado), tiveram um detalhe repugnante: algumas notas, extraídas das nádegas do senador que é vice-líder do governo Bolsonaro, estavam sujas de fezes. Teria sido por que ele se borrou na hora que a polícia chegou?

Além de ser investigado pelo roubo do dinheiro que deveria ser usado no combate à Covid-19, Chico Rodrigues, o vice-líder de Bolsonaro no Senado, mostrou que a corrupção, quando não está na cara, está na bunda. No caso do vice-líder de Bolsonaro, estava nos dois lugares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s