DATAFOLHA: PAES LIDERA NO RIO

Foi divulgada hoje, 8 de outubro, a pesquisa Datafolha para intenção de votos à prefeitura do Rio de Janeiro. Eduardo Paes, do DEM, aparece em primeiro lugar, disparado, com 30% das intenções de voto, seguido de Marcelo Crivella, do Republicanos, com 14%. Martha Rocha, do PDT, aparece na terceira posição com 10% e Benedita da Silva, do PT, em quarto lugar, com 8%. Abaixo, o quadro com o percentual de todos os candidatos:

Comparando-se com a pesquisa Ibope, que foi divulgada no dia 2 de outubro, a pesquisa Datafolha não apresenta grandes variações, excetuando-se a quinta colocação, que na pesquisa Ibope era de Cyro Garcia, do PSTU, posição que agora é ocupada por Renata Souza, do PSOL, com 3% das intenções de voto.

Em relação à rejeição, Crivella continua disparado sendo o candidato mais repudiado pelos cariocas, com 59% dos eleitores afirmando que não votariam no bispo da Universal de jeito nenhum, seguido de Eduardo Paes, com 30% e Clarissa Garotinho, com 29% de rejeição. Abaixo, o quadro completo com os índces de rejeição de todos os candidatos:

  • Crivella: 59%
  • Eduardo Paes: 30%
  • Clarissa Garotinho: 29%
  • Benedita da Silva: 20%
  • Cyro Garcia: 13%
  • Paulo Messina: 9%
  • Bandeira de Mello: 8%
  • Renata Souza: 8%
  • Luiz Lima: 8%
  • Suêd Haidar: 8%
  • Glória Heloiza: 7%
  • Fred Luz: 7%
  • Henrique Simonard: 7%
  • Delegada Martha Rocha: 6%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 6%
  • Não sabe/não respondeu: 2%
  • Poderia votar em todos: 1%

A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 6 de outubro, com uma amostragem de 900 eleitores, margem de erro de 3% e nível de confiança de 95%. Um dado que permanece, em relação à pesquisa Ibope, é que, considerando-se a margem de erro, Crivella, Martha Rocha e Benedita da Silva estão empatados tecnicamente. E desses, Martha Rocha é a que apresenta a menor rejeição (apenas 6%). Chama também atenção, o que já havia sido revelado na pesquisa Ibope, o fato de os candidatos offsiders estarem com baixíssimo percentual de preferência. É o caso, por exemplo, do bolsonarista Luiz Lima, com 1% da preferência e Bandeira de Mello, com 3%. Isso talvez se explique pelo eleitor estar “escaldado” com o “fenômeno Witzel”. A campanha, apesar de curta, só está começando. Mas talvez uma pergunta permaneça até 15 de novembro: quem irá ao segundo turno com Eduardo Paes?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s