QUEIROZ E MÁRCIA IRRIGARAM CONTA DE MICHELLE

Mais uma bomba foi detonada. E a fonte é a revista Crusoé, que é um satélite midiático do Antagonista, tudo da direita, comandado pelo Diogo Mainardi. Portanto, não é “papo de esquerdista”. A revista Crusoé teve acesso aos extratos bancários do “laranja” da família Bolsonaro, e os mesmos comprovam que Fabrício Queiroz depositou 21 cheques na conta de Michelle Bolsonaro, totalizando 72 mil reais.

Mas não foi só o Queiroz. Márcia Aguiar, a sua mulher foragida que ganhou como prêmio a prisão domiciliar, também turbinou a conta da senhora Michelle Bolsonaro em 17 mil, segundo reportagem da Folha de São Paulo, jornal que também nada tem de “esquerdista”. Assim, Queiroz e sua mulher, juntos, depositaram um total de 89 mil reais na conta da dona Michelle.

Em dezembro de 2018 Bolsonaro, tentando explicar os depósitos de Queiroz na conta de Michelle, disse que os mesmos tratavam-se do pagamento de um empréstimo de 40 mil reais que havia feito ao Queiroz. Mas, por enquanto, já apareceram 89 mil na conta da dona Michelle. Que amigo é esse, que empresta 40 mil e recebe de volta 89 mil? Isso, por enquanto.

O escândalo pode se avolumar, na medida em que forem encontrados novos depósitos feitos pelo “laranja” da família Bolsonaro e/ou sua mulher. O que não se tem dúvida até agora é que: primeiro, Bolsonaro mentiu ao dizer que os depósitos de Queiroz na conta de Michelle eram pagamento de um empréstimo de 40 mil. Segundo: Fabrício Queiroz e Márcia Aguiar turbinaram, e muito, a conta da dona Michelle. Foi tudo de família para família!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s