QUEIROZ: DE GUARUJÁ PARA ATIBAIA

Imagem acima: reprodução.

Exatamente uma semana após o “laranja” da família Bolsonaro, Fabrício Queiroz, ter sido preso no sítio do advogado dos Bolsonaros, o “Anjo” Frederick Wassef, o Jornal da Band levou ao ar ontem uma matéria que comprova que, antes de chegar ao sítio de Atibaia, Queiroz fez uma “escala” em um apartamento, também de propriedade de Wassef, no Guarujá. Para aqueles que adoravam ficar falando em “Guarujá” e “Atibaia”, está aí o que vocês queriam: a mesa está mais do que farta.

Praia das Pitangueiras, Guarujá. Em um apartamento de propriedade da família de Wassef, Fabrício Queiroz ficou hospedado (leia-se: escondido), entre 2018 e 2019, antes de ser, finalmente, confinado em Atibaia. Uma das testemunhas ouvida pela reportagem da TV Bandeirantes afirmou:

“No começo, ninguém sabia que era o Queiroz. Porque o prédio tem muito poucos moradores. A maioria do pessoal que frequenta o prédio é turista. E ele chegou no final do ano. Normalmente, no final do ano tem muito, muito turista aqui dentro do prédio. O pessoal do prédio foi perceber que era o Queiroz depois do carnaval, mais ou menos.”

Queiroz teria ficado escondido no apartamento do Guarujá por um período de 5 meses (certamente entre dezembro de 2018 e maio de 2019), o que coincide com o período em que o Ministério Público queria tomar o seu depoimento, mas não o achava. E mais: durante a estadia de Queiroz no apartamento da família de Wassef no Guarujá, o “Anjo” esteve por lá para visitar o “arquivo vivo”. Disse um dos entrevistados:

“Quando o Queiroz tava lá, o ‘Frederico’ apareceu algumas vezes lá. Todo mundo viu o ‘Frederico’, conhecido como ‘Fred’, no prédio, frequentando o edifício.”

O advogado Frederick Wassef é muito falastrão e isso tem assustado a família Bolsonaro. Só que ontem ele não quis saber de conversa. A reportagem da Band ligou para ele, o jornalista se identificou e Wassef foi muito gentil logo no início da conversa. Quando o jornalista disse que estava na Praia das Pitangueiras, no Guarujá, imediatamente o “Anjo” desligou o telefone. Mas logo depois de ter batido o telefone na cara do jornalista, certamente o “Anjo” deve ter recebido várias outras ligações. Adivinha de quem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s