A FUGA CRIMINOSA DE WEINTRAUB

O “patriota” fugiu. Covardemente, na calada da noite, com todo apoio oficial e ainda na condição legal de ministro, Abraham Weintraub desembarcou na manhã de ontem nos Estados Unidos. Para não estar diante das leis de seu país, onde responde por ofensas ao STF, além de ter seu nome no inquérito das fake news, Weintraub preferiu a infâmia e a covardia que sempre foram suas marcas e fugiu para não responder pelos seus crimes.

Mas a fuga do energúmeno bolsonarista teve o dedo sujo do próprio Bolsonaro, que o manteve como ministro até sua chegada em Miami. O ardil teve como objetivo garantir todas as prerrogativas de Wintraub até o último minuto, para que sua fuga não fosse frustrada. Especialmente para que ele continuasse sendo detentor do passaporte diplomático, na condição (ainda) oficial de ministro. Tão logo Weintraub desembarcou em Miami, Bolsonaro fez publicar, em edição extra do Diário Oficial, a exoneração do destruidor da educação brasileira.

É pouco dizer que Bolsonaro foi apenas cúmplice, porque ele foi co-participante do crime, ao dar todas as condições para que o calhorda fugisse do Brasil apenas para não responder às leis perante as instituições, conforme determina a Constituição. Os ainda defensores do indefensável poderão dizer: “Mas não havia qualquer mandado de prisão contra ele!” Porém, para configurar a fuga, não era preciso qualquer mandado, pois ele mesmo confessou que estava fugindo, quando afirmou publicamente, na TV e nas redes sociais, que era um fugitivo. Disse ele na CNN Brasil:

“Agora é evitar que me prendam, cadeião, e me matem.”

E ainda acrescentou, via Twitter:

“Estou saindo do Brasil o mais rápido possível.”

Nesse exato momento o covarde Abraham Weintraub é apenas um brasileiro comum no país de Trump. Seus inquéritos tramitarão no Brasil. E pode até ser que sua absurda indicação para o Banco Mundial, como “presente” de Bolsonaro por ele ter destruído a educação brasileira, nem se consume. Há uma grande mobilização para que o nome desse calhorda seja vetado pelos países com direito a voto. E, mesmo se for indicado, o mandato irá até outubro, quando novas negociações envolveriam uma outra eleição. Talvez seja o tempo dos processos pelos seus crimes correrem no Brasil e esse mafioso voltar algemado. Te prepara, porque os “vagabundos” te esperam…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s