BOZO E A MP DA IRRESPONSABILIDADE

Primeiro Bolsonaro quer o controle político da Polícia Federal para proteger e blindar os seus filhotes. Agora, percebendo o criminoso desastre em que ele vem jogando a população na pandemia, edita uma Medida Provisória para ficar isento de responsabilidade e, portanto, inimputável pelos crimes contra a saúde pública que vem cometendo. Bolsonaro acaba de editar a MP 966. O absurdo dessa MP é que ela é um passaporte para Bolsonaro e qualquer outro agente público fazer o que bem entender na pandemia e não ser responsabilizado. No caso de Bolsonaro, é uma auto-blindagem de suas ações insanas. Então, “abre tudo”, “acaba o isolamento” e “que se tome cloroquina”. Responsabilidade pelas consequências? Nenhuma.

A MP, evidentemente, é um convite à irresponsabilidade e aos crimes que Bolsonaro já vem cometendo e, evidentemente, ele não quer pagar por eles. A Medida Provisória, conforme reza a Constituição, entra imediatamente em vigor quando publicada. E ela já foi publicada. Cabe agora ao Congresso derrubar esse absurdo “salvo-conduto” que Bolsonaro pariu para continuar levando adiante sua política genocida. E, ao contrário dos pedidos de impeachment, que o cagão Rodrigo Maia já disse que “sentará em cima de todos”, seria bom que ele não continuasse sendo cúmplice do fascista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s