TEM MAIS COISAS NO VÍDEO

O tal vídeo da reunião do dia 22 de abril, que Sérgio Moro diz ser a prova de que Bolsonaro pretende ter o controle político da Polícia Federal, vai muito além dessa denúncia. Na verdade, a prova de que Bolsonaro pretende mesmo controlar a Polícia Federal para proteger seus filhos e aliados já foi exibida na troca de mensagens Moro-Bolsonaro, quando Moro passou para Bolsonaro a notícia de que deputados bolsonaristas seriam investigados e Bolsonaro disse: “mais um motivo para a troca.” Bolsonaro referia-se ao diretor-geral da Polícia Federal.

Mas na reunião de 22 de abril rolou muito mais coisas. A denúncia de Moro diz que Bolsonaro, na referida reunião, o teria pressionado para trocar o diretor geral da Polícia Federal. No entanto, além dessa denúncia, ocorreram baixarias, palavrões e delírios irresponsáveis. Já é público, por exemplo, que o energúmeno que comanda o Ministério das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse na reunião que o coronavírus “é uma coisa da China”, o que levou-o a chamar o vírus de “comunavírus”. Tanto Ernesto Araújo como Bolsonaro teriam dado uma gargalhada. Afirmação irresponsável e que mostra a persistência de provocar a China. Sem medir as consequências…

Vazou ainda uma outra passagem da reunião, na qual Bolsonaro teria reclamado de uma nota de pesar emitida pela Polícia Rodoviária lamentando a morte de um funcionário pela Covid-19. Bolsonaro teria reclamado pelo fato de a morte do funcionário ter sido relacionada ao coronavírus. Ele queria que fosse declarada outra causa. Não há dúvidas de que, nesse caso, Bolsonaro insistiu em sua insana e permanente atitude de querer minimizar a tragédia da pandemia.

Por fim, a parte que tem sido a mais falada da reunião. Segundo declarações de alguns participantes, Bolsonaro estava especialmente ensandecido naquele dia, falando aos gritos e com muitos palavrões. Foi quando disse que, se não pudesse trocar o superintendente da PF no Rio de Janeiro, então trocaria o diretor-geral. E, caso não pudesse trocar o diretor da Polícia Federal, então trocaria o ministro da Justiça.

A publicidade deste vídeo é uma questão de tempo. E os trechos descritos poderão ser confirmados. A menos que haja outra queima de arquivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s