A PROFECIA DE JUCÁ SE CONSUMA!

Hoje o Supremo Tribunal Federal decidiu pela rejeição do pedido da ex-Presidente Dilma Rousseff de anular o golpe de 2016, que a derrubou, em um conluio de Eduardo Cunha, o chantagista, com seus comparsas do PSDB. As “pedaladas fiscais” foram a razão da deposição de Dilma e, pouco depois do golpe, Romero Jucá, que virou ministro de Temer, vaticinou que “teria que estancar a sangria da Lava Jato, com o Supremo e tudo.” Jamais foi punido. Ato contínuo, Aécio Neves diz que “tem que ser um que a gente mate antes de delatar”, referindo-se a seu próprio primo. Jamais foi punido e até o Supremo o aliviou. No embalo, Temer fala para o Joesley que “tem que manter isso aí”, referendo-se ao “alpiste” para Eduardo Cunha ficar calado. Jamais foi punido. Ao contrário, Rodrigo Maia rejeitou todos os pedidos de impeachment de Temer. E agora, recentemente, Bolsonaro já cometeu vários crimes de responsabilidade, incluindo ameaças ao Congresso e ao próprio Supremo Tribunal Federal, até mesmo convocando para manifestações contra esses poderes. E o próprio Fernando Henrique, cardeal tucano igualmente golpista diz, diante de todas as agressões de Bolsonaro às instituições e à independência dos poderes, que “é melhor nem cogitar o impeachment.”

O relator da petição de Dilma foi Alexandre de Moraes, que foi alçado à condição de ministro da Suprema Corte com o próprio golpe de 2016 e também era tucano, tendo sido nomeado por Temer. Assim, a profecia de Jucá finalmente se consuma.

Detalhe importantíssimo: apesar dessa decisão, ao contrário dos fascistas jamais apoiaremos qualquer pedido de fechamento do STF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s