A VOLTA DO FEITOR BOLSONARISTA

“Vou seguir a linha do secretário Alvim.” (Sérgio Nascimento de Camargo, presidente da Fundação Palmares, confessando que seguirá a linha do nazista confesso Roberto Alvim).

Sérgio Nascimento, o negro bolsonarista que disse que a escravidão foi benéfica para os negros, foi reconduzido à presidência da Fundação Palmares. E, ao reassumir, já mandou o seu recado sem qualquer eufemismo. Ele garantiu que, em sua gestão, irá seguir a linha do ex-Secretário de Cultura Roberto Alvim, aquele que, em janeiro, havia divulgado um vídeo nazista, com cenário nazista e repetindo um discurso de Joseph Goebbels, o Ministro da Propaganda de Hitler.

E, em seu retorno, o feitor bolsonarista não fez por menos: demitiu todos os diretores negros da Fundação. Prometendo seguir a linha nazista do ex-Secretário Alvim, o negro que odeia negros justificou a sua medida argumentando que “precisa montar uma nova equipe de extrema-direita.”

O feitor bolsonarista, além de ter afirmado que a escravidão foi boa para os negros, também é totalmente contrário ao feriado do Dia da Consciência Negra e, para ele, Zumbi dos Palmares foi um “falso herói”.

Resta saber qual será a posição da Regina Duarte em relação ao feitor bolsonarista. Isso porque a Fundação Palmares é vinculada à Secretaria de Cultura, para a qual a “namoradinha reaça” foi nomeada e será empossada no dia 4 de março. Pergunta-se: ela irá travar a sanha neonazista de Sérgio Nascimento? Ou será que, enebriada pelo bolsonarismo, ela também irá “casar-se” com o feitor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s