ARQUIVO VIVO QUEIMADO!

morto 2

Parece que o Sérgio Moro estava fazendo alguma predição. O miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, ligado ao clã Bolsonaro, e que não foi incluído por Sérgio Moro na lista dos criminosos mais procurados do Brasil, acaba de ser morto na Bahia. O bandido ligado à família Bolsonaro, suspeito de participação nos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes, foi encontrado pela Polícia em uma região rural do estado da Bahia, mais precisamente no município de Esplanada.

De acordo com a Polícia, Adriano da Nóbrega reagiu, efetuando vários disparos contra os agentes. Ferido, o miliciano acabou morrendo.

Claro que qualquer juízo precipitado seria algo leviano. Mas que o clã Bolsonaro hoje vai festejar a sorte grande, como vai! Nada como um arquivo queimar sem precisar tacar fogo nele!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s