O “IMBROXÁVEL” TOMA CIALIS?

cialis 2

“Eu sou imbroxável.” (Jair Bolsonaro, atacando a imprensa, em 6 de fevereiro de 2020).

Hoje, em mais um ataque de fúria, Jair Bolsonaro voltou a atacar a imprensa. O assunto era a questão do ICMS sobre os combustíveis. Bolsonaro já havia falado que os governadores deveriam reduzir o ICMS em seus estados para que o preço dos combustíveis diminuísse. Então Bolsonaro acusou os jornalistas de fazerem intriga entre ele e os governadores. Em determinado momento, bem ao seu estilo “olavista”, Bolsonaro falou:

“Não vou broxar para atender vocês pensando em reeleição. Eu sou imbroxável.”

Depois do “imexível”, do então ministro do Trabalho Antônio Rogério Magri, na era Collor, agora temos o “imbroxável” da era “Bozozóica”. Mas, ao querer atacar os jornalistas parece que Bolsonaro tocou no seu próprio “calcanhar de Aquiles”. Segundo o livro “Tormenta – O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, de Thays Oyama, a quem Bolsonaro, em um ataque xenófobo chamou de “essa japonesa”, o próprio Bolsonaro revelou, em um churrasco com membros de sua equipe de segurança, fazer uso do medicamento Cialis, que é indicado para disfunção erétil. Eis o trecho do livro onde é feita a revelação que contradiz a fala de Bolsonaro ao atacar jornalistas:

“O cardápio era churrasco acompanhado de mandioca, farofa, arroz e molho vinagrete. Sem a presença de nenhuma autoridade do Exército, o presidente conversou por uma hora e meia com todos. Falou pouco de política e muito de amenidades. Contou que ganhou quatro quilos desde que assumiu a Presidência; que Michelle ´sempre quer assistir novela´quando ele quer ver futebol; e que toma Cialis, remédio indicado para casos de disfunção erétil.” 

Bolsonaro deve mesmo ter ficado furioso com a revelação contida no livro da Thays Oyama. “Será que alguém lá em casa acabou descobrindo o meu segredo?”, deve estar se perguntando. Mas o capitão pode ficar tranquilo. Pelo que sei, se um jogador entrar em campo dopado e ganhar o jogo, o time não perde os pontos. Já a moral…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s