TIREM AS PATAS DA ÁGUA!

“A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.” (Declaração Universal dos Direitos da Água, 1992, artigo 2º)

“Demissões na CEDAE vão parar na Justiça. Estatal desligou 54 funcionários de uma só vez na última sexta-feira.” (Notícia publicada no jornal “O Dia”, em 18 de março de 2019).

cedae

Não é difícil de entender. A lógica é bem simples, não começou agora e vem dando os resultados esperados. Sucatear e degradar os serviços públicos tem sido o projeto de muitos governos para privatizá-los. Foi assim no passado. Aqui no Rio de Janeiro acabaram com a CTC e todo o transporte rodoviário foi privatizado. Hoje, as linhas de ônibus do Rio, além de um preço exorbitante, prestam um dos piores serviços do país. Isso sem falar dos escândalos de corrupção da Fetranspor, incluindo os clã dos Baratas, em conluio com os saqueadores do Estado. Também acabaram com a CONERJ, privatizaram as barcas e hoje, além de caríssimas, as barcas só fazem a “logística do lucro” dos empresários. Perguntem aos moradores das duas ilhas: a do Governador e a de Paquetá.

Agora, ou melhor, há algum tempo, a CEDAE já está na mira dos privatistas. A crise da água no Rio é um projeto. Um projeto para que a opinião pública se levante contra o serviço público e caia novamente na armadilha da privatização. O atual presidente da CEDAE, Hélio Cabral, foi indicado pelo pastor Everaldo. Com o propósito de comprometer a empresa e acabar com sua credibilidade, Hélio Cabral demitiu 54 funcionários técnicos (e não políticos). Desses, 39 eram diretamente responsáveis pelo controle de qualidade da água que bebemos. Protocolos elementares, seguidos em qualquer lugar do mundo, propositadamente foram ignorados pela administração apadrinhada do pastor Everaldo. Investimentos essenciais não foram feitos. E o resultado aí está. A geosmina e o detergente são apenas os “bois de piranha” nessa história toda. Tudo meticulosamente esquematizado para favorecer uma política de privatização da empesa. Todos sabem que os recursos hídricos do Brasil são os maiores do mundo e tudo é uma questão de gestão. A água não pode ser um comércio, é um bem natural e essencial à vida.

Desastres de gestão não podem justificar privatização. O grande exemplo hoje é o ministro da Educação. Temos hoje o pior ministro da Educação da história do Brasil, que nem sequer sabe escrever. Destrói as universidades. Fez um ENEM desastroso. Nem por isso vamos pedir a privatização da educação.

O projeto de Witzel-pastor Everaldo é levar a CEDAE à privatização. Ontem tentaram até emplacar como conselheiro da Agência Reguladora de Energia e Saneamento (Agenersa), um cara que jamais visitou a estação de tratamento da CEDAE, que não sabe detalhes sobre o direito do consumidor e que jamais leu nada sobre a regulação do setor para o qual foi indicado conselheiro. Seu nome: Bernardo Sarreta. A comissão da ALERJ, por unanimidade, vetou a indicação. Sua sabatina foi uma pilhéria e, ao ser indagado se já leu algo sobre regulação, disse que o livro que leu foi “A Arte da Guerra”, de Sun Tzu. Mas a indicação ainda vai a plenário. Todos sabemos o que esse cara como “conselheiro” irá fazer na agência reguladora.

Devemos exigir da CEDAE uma gestão transparente e que os investimentos necessários sejam feitos, que os funcionários técnicos retornem e que a atual direção explique o que levou a esse resultado criminoso. Talvez até uma CPI. Todos têm o direito de ter água potável em plenas condições de consumo. Tirem as patas da nossa água!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s