TERRORISTA É DO PSL

terrorista do psl

A Polícia do Rio de Janeiro identificou, nesse último dia do ano, um dos cinco terroristas que praticaram o atentado contra a produtora do programa “Porta dos Fundos” na véspera do Natal. Trata-se de Eduardo Fauzi Richard Cerquise. O terrorista de extrema-direita possui uma extensa folha criminal e é filiado ao PSL, partido pelo qual foi eleito Bolsonaro.

Lesão corporal e agressão a mulheres estão entre as tipificações do terrorista que é do partido dos “cidadãos de bem” e que colocam “Deus acima de todos”. O bandido ficou conhecido quando, em 2013, agrediu com um violento soco o então secretário municipal da Ordem Pública do Rio, Alex Costa.

O site do TSE comprova a filiação do bandido ao partido de ultra-direita que elegeu Jair Bolsonaro. Ele pertence ainda a uma organização de extrema-direita que diz “combater o marxismo”. Enfim, enquadra-se perfeitamente naquele perfil de “pessoas de bem, defensoras da família, dos valores morais e de Deus”. O bandido militante de extrema-direita já é dado como foragido. E não pode haver eufemismos para esse crápula, do tipo “empresário de classe média alta”. É bandido e deve ser preso e responder na forma da lei. Dentre os objetos apreendidos em sua residência, além de armas e dinheiro não explicado, foi encontrado um livro que é considerado a “Bíblia do bolsonarismo”, O Imbecil Coletivo, do astrólogo e guru da família Bolsonaro, Olavo de Carvalho. Que esse criminoso não se torne um “novo Queiroz”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s