O CÂNCER FAKE

fake 2

Existem várias estratégias, igualmente recorrentes e manjadas, das quais os governantes sem escrúpulos lançam mão quando percebem que estão perdendo apoio. Invocar Deus ou qualquer discurso religioso é uma dessas estratégias. Invocar o patriotismo e eleger “inimigos” externos visando angariar ao seu redor uma “aliança pela Pátria” é outra dessas estratégias. Mas há também apelos emocionais, como falar que está com uma doença grave. Poderia, por exemplo, ser um câncer. Dá um grande impacto. Comove o povo. Quem sabe, talvez até arrefeça a própria oposição.

Ontem, Jair Bolsonaro realizou exames de rotina no Hospital da Força Aérea em Brasília. Nada além disso. Ao deixar o hospital, portando, após o exame,  Bolsonaro afirmou que estava com suspeita de câncer de pele e por isso fez a retirada de um sinal na orelha. Mas a versão de Bolsonaro foi desmentida pela própria Secretaria de Comunicação Social da Presidência, a SECOM. Em um comunicado, a SECOM deu a seguinte informação:

“O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta tarde, em Brasília, no Hospital da Força Aérea Brasileira, onde passou por avaliação médica dermatológica. O presidente apresenta boas condições de saúde, SEM QUALQUER INDICATIVO DE CÂNCER DE PELE e mantém a previsão de agenda para a semana conforme programado.” (As letras maiúsculas aparecem no comunicado original).

Ficamos no aguardo de novas “mamadeiras de piroca”. Ou, quem sabe, um novo “Plano Cohen”? Até porque a tal facada já deu.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s