A INFLUÊNCIA DE LULA

20191127_165258379751661.jpg

Fonte da imagem: badracomunicação.com.br

Lula não é candidato a nada. E nem pode ser, impedido que está pela Lei da Ficha Limpa, visto que tem uma condenação em segunda instância. Porém, mesmo estando fora de qualquer disputa eleitoral, seu nome ainda é citado. E mais: seu poder de influência é inconteste, até mesmo em redutos onde o PT vem sendo, nas últimas eleições, derrotado.

Uma pesquisa da Badra Comunicação publicada na Revista Forum, sobre a intenção de votos e a capacidade de influência sobre os eleitores, mostrou que Lula ainda é o maior cabo eleitoral do Brasil. Se quando estava preso ele conseguiu, em poucas semanas, levar Fernando Haddad para o segundo turno com 47 milhões de votos, agora a pesquisa da Badra Comunicação sobre a corrida à prefeitura de São Paulo corrobora Lula como aquele que mais influencia os eleitores da capital paulista. A pesquisa mostra que o atual prefeito, Bruno Covas, do PSDB, lidera com 6,27% na pesquisa espontânea. Já na pesquisa estimulada (aquela em que são apresentados os nomes dos candidatos), Bruno Covas sobre para 23,21, sem Celso Russomano, do PP, na disputa e para 17,5% com Russomano na disputa.

Porém, uma constatação merece destaque na pesquisa. Trata-se da influência sobre os votos dos eleitores. E aí temos um exemplo notável do incômodo que a soltura de Lula vem causando naqueles que “combatem a corrupção”. A pesquisa apontou que 38,51% dos eleitores preferem votar em um candidato apoiado por Lula, enquanto 27,41% dos pesquisados responderam que votariam em alguém apoiado por Jair Bolsonaro. Dória, por sua vez, influenciaria o voto de apenas 12,92% dos entrevistados. A pequena influência de Dória na capital do estado que governa mostra como ele vem sendo rejeitado. Evidentemente Dória não será candidato a prefeito de São Paulo, mas a pesquisa mostra que, pelo menos por enquanto, seu poder de influência é pequeno.

Enquanto isso, Lula surge mais uma vez como o grande cabo eleitoral para 2020 e agora pode-se entender todo o frenesi que causou a sua soltura, o que se deu cumprindo estritamente o que reza a Constituição. Mas a coisa não pára por aí. Com Lula livre, os planos de muitos candidatos que se aproveitariam de sua prisão estão indo por água abaixo. Porém, se na maior cidade do país, que é um reduto tucano e antipetista, Lula já voltou tornando-se o maior influenciador e cabo eleitoral, imaginem projetando essa influência para o país.

É claro que, a essa altura, muitas pesquisas devem estar sendo encomendadas por vários partidos e candidatos. E, embora muitos escondam, eles não ignoram a liderança e influência do Lula. E nada melhor do que uma pesquisa na capital paulista para isso. Pelo visto, daqui a pouco Bolsonaro e seus filhos vão começar a propor um “AI-5 das pesquisas”…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s