FLAMENGO E STUART ANGEL

torcida

No atual cenário sombrio em que vive o Brasil, alguns detalhes fazem muita diferença. Hoje, o time do Flamengo embarcou para Lima, no Peru, onde no próximo sábado disputará a final da Copa Libertadores com o River Plate. Milhares de torcedores do Flamengo acompanharam o ônibus que levava os jogadores até o Aeroporto do Galeão. Entre bandeiras, camisas e faixas uma, entretanto, merece especial menção. Trata-se de uma faixa com os seguintes dizeres: “Stuart Angel vive!”

Stuart Angel foi atleta do Flamengo. Ele era remador e, durante a ditadura militar, ele foi preso e mandado para a “Ponta da Praia”, a base naval localizada na Restinga da Marambaia, onde foi barbaramente torturado. No livro “Desaparecidos Políticos”, de Reinaldo Cabral e Ronaldo Lapa, é narrado, em detalhes, o destino do corpo de Stuart Angel:

Teria sido transportado por um helicóptero da Marinha para uma área militar localizada na restinga de Marambaia, na Barra de Guaratiba, próximo à zona rural do Rio, e jogado em alto-mar pelo mesmo helicóptero.” 

A “Ponta da Praia” foi o mesmo lugar para onde Bolsonaro, durante a campanha, disse que mandaria os seus opositores e é um dos ícones do regime fascista e facínora que ele sempre reverenciou. Stuart Angel foi assassinado pela mesma ditadura que Bolsonaro sempre defendeu e comemorou. Hoje, em meio à euforia da torcida do Flamengo, a faixa lembrando Stuart Angel se destacou. Independente do resultado do jogo no sábado, a faixa foi uma bofetada nos fascistas! Parabéns! E olha que eu nem sou flamenguista.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s