BOZO E A VÍRGULA

chile 2

“No passado botaram uma vírgula na definição de atos terroristas, exceto movimentos sociais. Isso não pode acontecer.” (Jair Bolsonaro, em 23 de outubro de 2019, no Japão, expressando seu claro desejo de criminalizar os movimentos sociais).

No momento em que recebemos a notícia de que as milícias digitais bolsonaristas estão em plena atividade no Brasil pressionando o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, a pedir vistas e protelar o julgamento da prisão em segunda instância, Bolsonaro, no Japão, declara sem qualquer constrangimento sua intenção de endurecer o regime. O próprio Bolsonaro admitiu hoje que “o Brasil não está livre de problema semelhante ao do Chile.” Iconicamente, no dia em que o Congresso consumou a reforma da previdência que condenou o brasileiro a não se aposentar. Ele sabe no que deu a reforma da previdência no Chile. Ele sabe no que deu o neoliberalismo de Harvard no Chile. E ele também sabe que, na fileira Equador-Argentina-Chile, o Brasil é uma das próximas pedras do dominó. Então, que se iniciem os preparativos para combater os movimentos sociais que para ele, como claramente afirmou hoje, são mais do que meros crimes. São atos terroristas.

Hoje, talvez em seus maiores rompantes autoritários desde quando assumiu a Presidência da República, Bolsonaro sequer foi eufemista: acusou o senador do PT, Humberto Costa, de “agitar as massas para o confronto no Brasil”; disse ter conversado com o ministro da Defesa sobre a possibilidade de acontecer no Brasil o que está acontecendo no Chile; falou em intervenção militar e lamentou a “vírgula” do texto legal que exclui os movimentos sociais de atos terroristas. A coisa não está mesmo para brincadeira. Enquanto Damares Alves, Ernesto Araújo e Abraham Weintraub representam o “ópio delirante do governo”, Paulo Guedes e Bolsonaro não brincam em serviço. Depois de consumar a reforma da previdência encomendada pelos banqueiros, dos quais Guedes e Rodrigo Maia são prepostos, o próximo passo é considerar os legítimos protestos populares, que ele próprio está antevendo, como atos terroristas. Para Bolsonaro, basta tirar a vírgula. Mesmo que não seja do texto.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s