A EXORCISTA

a exorcista 2

“Estou aqui há 24 horas e ninguém me ofereceu ainda um cigarro de maconha e nenhuma menina introduziu um crucifixo na vagina.” (Damares Alves, a ministra dos “costumes” de Bolsonaro, em evento ultra-conservador, em 12 de outubro de 2019).

Uma das cenas que entrou para a história dos filmes de terror foi aquela do rumoroso filme “O Exorcista”, de 1973, em que a menina endemoniada introduzia um crucifixo em sua própria vagina e acabava esvaindo-se em sangue. No filme, o padre encarregado de exorcizar a menina teria muito trabalho. Mas parece que a ministra dos “costumes” de Bolsonaro, Damares Alves, é capaz de “exorcizar” dezenas e dezenas de meninas de uma só vez e evitar que a rumorosa cena do famoso filme de terror sequer chegue a se consumar.

Em uma declaração estapafúrdia, a ministra Damares, ao participar do Congresso Ação Política Conservadora, em São Paulo, vomitou mais um dos muitos disparates que vem marcando sua trajetória fundamentalista no governo igualmente fundamentalista de Bolsonaro. Ela mostrou-se surpresa e vencedora por estar em um local em que, por 24 horas, ninguém a tinha oferecido maconha e nenhuma menina tinha introduzido um crucifixo na vagina, como se fossem coisas comuns. Para Damares, portanto, o Brasil já está mudando. E completou aproveitando, de sobra, para provocar a esquerda:

“A cada dia eu me assusto da forma como eles estão nos vendo. Eles estão incomodados porque o Brasil já mudou. O presidente machista entrega para o Brasil o Ministério da Mulher. Consegue entender a loucura que está na cabeça desse povo? Eles não estão entendendo nada. O presidente machista já sancionou seis leis de proteção à mulher. Chora esquerda!”.

Então o Brasil já mudou porque nenhuma menina introduz crucifixo na vagina? Impressionante! Mas a mudança já não tinha acontecido porque nenhuma criança faria mais o uso da “mamadeira de piroca”? Para quem já tinha visto Jesus na goiabeira, aquilo era apenas o início da vitoriosa carreira de exorcista. Agora, ela já conseguiu exorcizar várias meninas simultaneamente antes mesmo da chegada do demônio. Coisa digna de se produzir um novo filme, totalmente baseado em fatos reais – “Damares, a Exorcista.” Aliás, com os novos caminhos da Ancine, não chega a ser delírio que essa produção do cinema nacional seja realizada.

Por pavor, me deem um tempo. Pela primeira vez seguirei a recomendação da ministra dos “costumes”, porque só mesmo chorando… Sai diabo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s