MORO: DO ESGOTO PARA A CADEIA!

moro na cadeia“O problema ali não era a captação do diálogo e a divulgação do diálogo. O problema era o diálogo em si, o conteúdo do diálogo.” (Sérgio Moro, sobre o vazamento, feito por ele, do diálogo entre Dilma e Lula).

“Houve uma invasão criminosa de celulares de procuradores. Para mim é um fato bastante grave ter havido essa invasão e essa divulgação.” (Sérgio Moro, sobre o vazamento de seus diálogos com procuradores da Lava Jato que provam, entre outros, seu crime de fraude processual para prejudicar Lula).

E agora “doutor” Moro? Quer dizer que “no dos outros é refresco?” Quando você mesmo vazou o diálogo Dilma-Lula, então o que interessava era “o conteúdo do diálogo”. Agora que sua atuação criminosa como juiz foi desmascarada, também por “captação de diálogo”, então virou “invasão criminosa”?

Por mais que Moro e seus fanáticos seguidores, como o “global” Merval Pereira, tentem, sua imagem foi desnudada e está provado que ele sempre foi mais do que suspeito. Foi parcial. Foi político. Foi odioso. Foi criminoso. Se Moro é um “juiz das garantias”, só se for garantia da fraude, da parcialidade, do julgamento político, entendeu senhor Merval Pereira? O desespero de Moro é tanto, que ele chegou a protagonizar duas cenas dantescas: vestiu a camisa do Flamengo e foi pedir socorro no programa do Ratinho. Quando um “herói” precisa ir correndo pedir “SOS” no programa do Ratinho é porque a casa caiu mesmo e não ficou pedra sobre pedra.

A fraude processual de Moro e procuradores da Lava Jato, que vem sendo divulgada pelo The Intercepet exigiria, no mínimo, a anulação do processo contra Lula, o afastamento de todos os procuradores envolvidos no conluio e a abertura de processo, com culminância em prisão, para Moro, Dallagnol e seus outros comparsas do criminoso conluio que condenou Lula, levou-o para a prisão e o tirou da eleição. Tudo resultado de fraude processual.

Do “pouco” que se sabe até agora, porque já fomos informados de que vem muito mais por aí, Moro, juntamente com seus comparsas lavajateiros, cometeu crime contra a Justiça; cometeu crime contra a Constituição; cometeu crime contra a democracia, visto que uma condenação resultante de um conluio criminoso entre juiz e procuradores determinou o resultado da eleição de 2018. Ao invés do julgamento legal e soberano do povo, a eleição de 2018 foi definida pelo julgamento ilegal, parcial e criminoso de Moro e seus comparsas do Ministério Público e da mídia golpista que, como os diálogos mostram, também participou do conluio.

O desespero de Moro, suas contradições aberrantes e seus expedientes para recuperar a capa de “super-homem” estão todos malogrando. Até veículos da direita e que tiveram o papel de o alçar à condição de herói, como o Estadão e a Veja, já desembarcaram da fria em que, só agora, viram que se meteram. Tudo o que vem sendo mostrado é vergonhoso para a Justiça e para a democracia brasileira. Moro e seus comparsas lavajateiros conseguiram fazer a Justiça brasileira ser objeto de deploração dentro e fora do país. E, a cada dia que Lula permanece preso por conta do conluio criminoso comandado por Moro, mais a nossa Justiça e a nossa democracia vão sendo deploradas.

Moro, como se sabe agora e sem sofismas, sempre esteve no esgoto. E água de esgoto não lava corrupção em lugar nenhum. Os subterrâneos da Lava Jato devem envergonhar qualquer brasileiro de bem, independentemente de sua preferência política, de seus ódios e de seus amores. Porque até aqueles que estão vacilantes e ainda tentam blindar, de alguma forma, o ex-juiz criminoso, não podem se esquecer de que uma “justiça à la Moro” configura um Estado de exceção e de fascismo. Foi assim que muitos apoiadores de métodos fascistas, inclusive praticados pela Justiça, acabaram, também, se tornando suas vítimas. É só procurar na história. E, para que isso não aconteça, urge que Moro saia do esgoto e vá para a cadeia. Com a palavra, a verdadeira e isenta Justiça brasileira (ou o que restou dela).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s