BOLSONARO: DIFAMADOR E COVARDE

BOLSONARO MENTIROSO“Quem quer que seja minimamente honesto intelectualmente e ouvir os tais áudios não encontrará – desafio a encontrar – o conteúdo atribuído à repórter e com o qual o próprio presidente da República se lança a difamá-la. Simples assim. Questão objetiva. Não há.” (Carlos Andreazza, diretor-executivo do Grupo Record, via twitter, em 10 de março de 2019, sobre o conteúdo falso atribuído por Jair Bolsonaro à jornalista Constança Barbosa).

O Grupo Record, braço das comunicações da Igreja Universal do Reino de Deus, da qual o Sr. “bispo” Edir Macedo é dono, sempre apoiou Bolsonaro desde as eleições. Quando até o diretor-executivo do Grupo Record, a emissora oficial do governo fascista, vem a público, através de seu twitter, negar a mentira que Bolsonaro atribuiu a uma jornalista para justificar ameaças e linchamentos à profissional por seu exército virtual de covardes, então já não temos mais dúvidas do mau-caratismo e covardia de um dito “presidente da república” (com minúsculas mesmo!)

A jornalista em questão é Constança Rezende, do jornal O Estado de São Paulo, vítima das táticas embasadas nas mentiras e intimidações que caracterizam o fascismo. Jair Bolsonaro, para despertar a ira de seu exército fascista na internet, publicou um áudio em seu twitter e atribuiu à jornalista, onde ele afirma que ela teria dito “querer arruinar a vida de Flávio Bolsonaro e buscar o impeachment do presidente” e ataca a imprensa. “Ela é filha de Chico Otavio, profissional do ‘O Globo’. Querem derrubar o Governo, com chantagens, desinformações e vazamentos.”  A gravação, porém, não contém absolutamente nada que chegue, sequer, perto do conteúdo mentiroso inventado por Bolsonaro. A jornalista apenas fala das atividades do COAF, que registrou as movimentações financeiras criminosas de Bolsonaro e sua família, fato já conhecido mundialmente. O que a jornalista faz é um comentário sobre os fatos, afirmando tão somente que “o caso pode comprometer” e “está arruinando Bolsonaro”. Na gravação, em inglês, Constança Rezende, em nenhum momento, afirma que ela iria arruinar a vida de Bolsonaro ou o governo.

Bolsonaro, de forma criminosa, além de atribuir dolosamente à jornalista algo que em nenhum momento ela afirmou, não satisfeito ainda publicou a foto da profissional de imprensa, visando assim expô-la a um linchamento virtual por parte dos bandidos fascistas a seu serviço na rede.

Nada de se estranhar para um “presidente” que foi eleito à base das mentiras mais imundas já inventadas em um processo eleitoral e igualmente disseminadas de forma criminosa. Nada de se estranhar para um “presidente” que, segundo a agência “Aos Fatos”, de cada 10 declarações, 6 são falsas ou distorcidas. Nada de se estranhar para um “presidente” que sempre mostrou sua covardia e nunca prezou o debate com a sociedade, escondendo-se nas redes sociais divulgando mentiras, propagando ódios e vídeos depravados que, certamente, expressam seu inconsciente reprimido.

Todo esse quadro de ações criminosas fascistas, tendo como protagonista o próprio “presidente da república” (com minúsculas mesmo!) já era esperado. Professores, imprensa, trabalhadores em geral, movimentos sociais e qualquer opositor, tal como em qualquer regime fascista devem, para Bolsonaro,  ser tratados com a “solução final”. Ele chega, em suas postagens doentias, a falar até do extermínio de opositores, tal como no lamentável discurso em que citou a nada saudosa “Ponta da Praia”, o centro de torturas e extermínio da ditadura que ele sempre apoiou.

A jornalista Constança Rezende é mais uma das vítimas da sanha dos fascistas empoderados. Nossa solidariedade não restringe-se apenas à ela, mas à democracia, ao Estado de Direito constantemente ameaçado desde 1º de janeiro de 2019. E, por que não dizer, ao Brasil? Sim, porque tudo acontece com pouco mais de dois meses de “governo” e, a cada momento, torna-se mais evidente que Bolsonaro está com sérios transtornos mentais. Será que bastaria interná-lo em um manicômio? Porque, certamente, o Brasil também está doente…

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s