É DA NOSSA CONTA!

flávio bolsonaro e milicianos– “Não é de sua conta!” (Jair Bolsonaro, em resposta ríspida à jornalista Lally Weymouth, do The Washington Post, ao ser perguntado sobre o envolvimento de seu filho com quadrilhas de milicianos).

Depois dos dos escândalos financeiros envolvendo a família do Presidente Jair Bolsonaro, especialmente  seu “garoto” e a primeira-dama, agora, a íntima ligação de seu mesmo “garoto” com gangues milicianas chamaram a atenção da imprensa internacional, em uma repercussão chocante e vergonhosa. O papelão covarde do cancelamento da entrevista que daria em Davos não foi suficiente, entretanto, para que Bolsonaro deixasse de ser questionado por um dos principais jornais do mundo sobre o envolvimento de seu filho, ou melhor, de seu “garoto”, com quadrilhas de milicianos, que vão desde emprego de familiares dos bandidos em seu gabinete até a condecoração dos próprios bandidos por sua indicação. A jornalista Lally Weymouth, do The Washington Post, perguntou a Jair Bolsonaro sobre o envolvimento de seu filho com milicianos do Rio de Janeiro e teve como resposta:

– “Não é de sua conta!”

O despreparo e o visível desequilíbrio de Bolsonaro, recém-empossado e com menos de um mês de governo, já preocupam seus próprios pares. Nada a surpreender, em se tratando de alguém que teve diagnósticos revelados pelo próprio Superior Tribunal Militar quando teve que deixar o Exército. A própria Corte Militar já dizia sobre ele, há trinta anos, em seu julgamento por indisciplina, antes de deixar o Exército:

Tem desvio grave de personalidade e uma deformação profissional, além de falta de coragem moral para sair do Exército e por ter mentido ao longo de todo processo.” 

Tudo afirmado em um laudo do próprio Exército. Ou seja: despreparado, covarde e mentiroso. Ainda nem completou-se o primeiro mês de seu governo e o desequilíbrio de Bolsonaro diante de adversidades, dos debates, do contraditório, da necessidade de explicar e esclarecer é cristalino. E pensar que ainda faltam 47 meses!

Na verdade, o esclarecimento solicitado pela jornalista do WP é sim da conta de todos: imprensa, sociedade, Congresso, aliados e adversários. Até a “pós-doutora” Janaína Paschoal, aliada de Bolsonaro, quer que o “garoto” seja investigado por tudo o que vem sendo divulgado. Disse a “pós-doutora” em entrevista ao blog do Paulo Sampaio:

“Não temos acesso à íntegra das investigações, seja com relação ao deputado/senador Flávio, seja com relação aos demais deputados estaduais do Rio. Defendo que seja derrubado sigilo, para que possamos compreender a totalidade.”… – Veja mais em https://paulosampaio.blogosfera.uol.com.br/?cmpid=copiaecola

Tudo tem que ser investigado, como Bolsonaro, seus “patos amarelos” e toda a sua boiada sempre exigiram em tempos pretéritos não muito distantes. Porque agora teria que ser diferente? Quem realmente defende bandidos? O conhecimento de tudo isso é sim da conta da sociedade e dos veículos de informação. Porque sempre será da nossa conta saber quem, realmente, defende bandidos.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s