BOLSONARO ESNOBA DÓRIA

bolsonaro cagou para dóriaPaulo Marinho, o empresário-magnata do agronegócio, costuma abrir as portas de sua mansão no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, para as patuscadas de políticos da direita reacionária. Ele é filiado ao PR e também muito amigo de João Dória, o ex-Prefeito engomadinho do Tietê. Paulo Marinho, embora rico, já foi preso algumas vezes por não pagar pensão alimentícia. No ano passado, sua mansão foi palco de um encontro com João Dória, quando o ex-Prefeito “apolítico” ainda tinha o projeto de ser candidato a Presidente da República.

Ontem, João Dória veio ao Rio para tentar gravar, junto com Bolsonaro, um vídeo de apoio à sua campanha no segundo turno. O chamado voto “Bolsodoria”, em São Paulo, é uma das estratégias do ex-Prefeito para ganhar a eleição na “Paulicéia”, hoje a maior mancha da ultra-direita brasileira. A mansão de Paulo Marinho transformou-se em um “Ministério da Propaganda” do “Messias” e é de lá, onde foi montado um estúdio, que vários programas para o horário eleitoral do “Bozo” são gravados. E essa era a intenção de Dória. Ele queria gravar um programama com o “Bozo” ao seu lado.  Para Dória, que logo após o resultado do primeiro turno declarou apoio imediato à candidatura fascista, o encontro estava marcado. Ele ficou esperando por mais de duas horas, quando o Presidente do PSL apareceu e frustrou os planos de Dória: “Não haverá esse encontro”, disse Gustavo Bebiano, Presidente do partido que abriga o candidato fascista. Bolsonaro não quer aparecer com candidatos de partidos que não seja o seu. Essa foi a justificativa. Claro que Dória, que já é questionado até no PSDB por, segundo alguns pares, ter traído Alckmin, ficou com uma tremenda cara de “bunda envernizada”. Tudo leva a crer que o encontro já estava mesmo marcado. Mas, na hora “h”, Bolsonaro acabou foi “cagando” para Dória.

Se é assim que o “Bozo” trata os seus fiéis aliados, imagine os adversários. Será que Dória perdeu a viagem? Talvez não. Embora o “Bozo” tenha “cagado” solenemente para ele, o seu amigo Paulo Marinho deve ter lhe servido uma farinata de ova de esturjão e salmão defumado enquanto esperava, inutilmente, a presença de seu “mito”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s