LULA E A PRINCESA ISABEL

lula votos ibope

Houve uma época, na história republicana do Brasil, em que os partidos políticos não detinham o monopólio (ou oligopólio) da representação popular e era possível o eleitor votar em qualquer vulto da vida política que o voto seria válido. Isso aconteceu durante o período da Primeira República, até 1930, onde até quem não se apresentava como candidato recebia votos. Por isso, a distribuição dos votos era muito dispersa. Em 1902 e em 1906, por exemplo, até a Princesa Isabel recebeu votos para Presidente da República, embora o Brasil não fosse mais uma monarquia e a Família Real estivesse exilada. Os registros da época mostram que, em 1902, “Isabel, a Redentora”, teve 5 votos e, em 1906, a “Princesa Regente Isabel” teve 6 votos para Presidente da República.

Lembrei dessa época de nossa história quando, ao analisar mais detalhes da última pesquisa Ibope, pude constatar algo que, geralmente, não é divulgado. Falo da intenção de voto espontânea (aquela em que não é apresentada ao eleitor a lista dos candidatos). O importante da pesquisa espontânea é que ela mensura os votos mais fiéis e consolidados. Diferentemente da pesquisa estimulada (quando é apresentada uma lista com os nomes dos candidatos), na pesquisa espontânea os candidatos sempre pontuam menos do que na estimulada, conforme pode-se observar na tabela que abre esse artigo. Mas, vamos ao dado que nos interessa. Lula foi mencionado, na pesquisa espontânea, por 3% dos entrevistados. Ele não é candidato. Ele está preso. Ele é objeto de ódio visceral, especialmente por parte de políticos “mal resolvidos”. Se observarmos a menção de seu nome desde o dia 20 de agosto, ela vem decrescendo. Mas mesmo com Haddad já sendo o candidato oficial do PT há quase um mês, Lula continua sendo citado na pesquisa espontânea. E mais: na pesquisa espontânea ele é o quinto colocado e ganha do Amoêdo, da Marina, do Álvaro Dias e do Meirelles. E fica no empate técnico com Alckmin.

Talvez a tabela acima seja o dado mais interessante da última pesquisa Ibope. Há um “intruso” na quinta colocação. Dirão que é porque ele já foi Presidente. Mas FHC, Dilma Collor e Sarney também foram. Temer ainda é. E nenhum deles é mencionado. Se o voto ainda fosse no papel e ainda vigorassem as regras da Primeira República, duvido que o fascista estaria duvidando da urna eletrônica. Não há dúvida de que Lula seria eleito. E, de quebra, ainda teria candidato perdendo para a Princesa Isabel.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s