O DESESPERO DOS FASCISTAS

guilherme messias bolsonaro

Vacilona, foi você quem mandou o Adélio esfaquear o Bolsonaro! Planejou tudo e com detalhes. Já te vi você (sic) uma vez perto da PUC aqui em Campinas, e ignorei, mas dessa vez vai ser diferente. Se prepare D’Ávila”. ( Mensagem de “Guilherme Messias Bolsonaro”, em uma rede social, acusando Manuela D’Ávila de ter mandado esfaquear Bolsonaro e ameaçando a candidata).

Não sabemos quem é “Guilherme Messias Bolsonaro”. Mas ele existe. Pode ser um. Podem ser muitos ou até milhares. O nome e a mensagem são referências do golpe baixo e da artilharia covarde dos fascistas. Muitos deles, em março, já haviam propagado mentiras e calúnias contra a vereadora assassinada Marielle Franco. Agora, na reta final da campanha, eles usam a mesma tática nazista de sempre. Bolsonaro não tem, e nunca teve, partido. Bolsonaro não tempo na TV. Mas seus séquitos são fortíssimos nas redes sociais, sejam humanos ou robôs. Depois do atentado de 6 de setembro, eles já publicaram até montagens de fotos com o esfaqueador em comícios do PT. Agora, os fascistas disseminaram pelas redes sociais informações falsas de que Manuela D’Ávila teria feito ligações para Adélio Bispo de Oliveira no dia do atentado.

A imagem acima mostra uma página do Facebook pertencente a um tal “Guilherme Messias Bolsonaro”. Existem outras páginas com o mesmo nome. Porém, nesta encontramos claramente a calúnia. A absurda e criminosa publicação teria alcançado mais de 1 milhão e 100 mil pessoas e encaminhada quase 20 mil vezes.

As mentiras, que foram postadas através do Facebook, Twitter e Instagram, disseminaram a absurda informação de que a Polícia Federal teria quebrado o sigilo telefônico de Adélio Bispo de Oliveira e que Manuela D’Ávila teria ligado diversas vezes para ele no dia do atentado. As mesmas mensagens dão conta de que “O PT teria planejado o ataque”. Isso, quando a própria Polícia Federal, em seu inquérito, já concluiu que o agressor agiu sozinho.

A criminosa, inadmissível e inaceitável, sob todos os aspectos, conduta dos fascistas exige uma resposta. Na verdade, a atmosfera bélica já vem sendo fomentada pelo próprio candidato Bolsonaro que, de forma irresponsável e até criminosa, colocou a legitimidade do pleito sob suspeita, ao duvidar da segurança das urnas eletrônicas.

Mentira, violência e intimidação sempre foram as “armas” prediletas dos fascistas. Agora, diante das ameaças que vem sofrendo, Manuela entrou com uma ação no TSE para pedir proteção.

Tudo isso, “coincidentemente” no dia em que o Ibope divulgou mais uma pesquisa, que já mostra Haddad com 22% , Ciro com 11% e Bolsonaro estacionado nos 28%. E também o aumento da rejeição a Bolsonaro. Há tempos que as mentiras já vem sofrendo uma repulsa do povo. Quanto mais a Globo mentiu, mais o povo respondeu. E quanto mais os fascistas mentirem, mais o povo responderá, como já está respondendo. E a pesquisa de hoje mostra que, por mais que os fascistas mintam, as urnas e o povo vencerão os “Goebbels”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s