CRIVELLA E A GUERRA SEM “MOCINHOS”

fora crivellaO “Café da Comunhão”, nome sagrado da reunião secreta do Bispo-Prefeito com 250 pastores, onde ficou escancarado o protecionismo da administração de Crivella em relação aos “irmãos” da Universal,  levou a  Câmara Municipal do Rio de Janeiro a interromper o seu recesso para votar a admissibilidade de investigação de crime de responsabilidade contra Bispo-Prefeito. Haviam três pedidos protocolados na Casa: um do vereador Átila Nunes (MDB), outro do PSOL e outro do Sindicato dos Servidores Públicos do Rio de Janeiro (SISEP). Na sessão extraordinária realizada ontem, no entanto, o Bispo-Prefeito mostrou que ainda está com uma base forte e o pedido de abertura do processo de impeachment foi rejeitado por 29 votos contra 16.

Na verdade, desde quando o escândalo da tal reunião secreta estourou, houve o recrudescimento de uma guerra midiática onde, em nosso entender, não existe “mocinho”: Globo X Record. De um lado, a família Marinho e de outro o “Bispo” Macedo. A “tropa de choque” do Bispo-Prefeito conseguiu barrar o impeachment. É inegável o “estado teocrático” em que transformou-se a cidade do Rio de Janeiro e a força política falou mais alto, sabe-se lá com qual moeda de troca. Foi assim no caso da Dilma. E também foi assim no caso de Crivella. Até quando o Rio será um “feudo neopentecostal”, está nas mãos do povo. E pensar que outubro de 2016 foi logo ali! Mas o “medo” do Freixo falou mais alto. Ao analisar o resultado da votação de ontem na Câmara Municipal, chego à conclusão de que, para além da “guerra sem mocinhos” entre a Globo e a Record,  no fundo, no fundo as “reginas duartes” de 2016 e o Bispo-Prefeito se merecem…

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s