NILSON: DE OLARIA PARA VARSÓVIA

nilson moraes e pedro paulo“Ele saiu de Olaria e conseguiu chegar em Varsóvia.” (Luiz Pedro San Gil Jutuca, Reitor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, sobre Nilson Moraes, após entregar-lhe o título de Professor Emérito da instituição).

Naquele dia de 1976 parecia que seria apenas mais uma visita à casa da tia Nilza, no grande apartamento localizado no sobrado em cima do antigo cinema Olaria. Lembro-me que o Brasil ia jogar contra o Paraguai e isso parecia que, de algum modo, também selaria o meu destino. O meu primo Nilson convidou-me para sentar-se ao seu lado, em uma modesta escrivaninha que, para sempre, seria chamada de “escritório”. Ali, com apenas 15 anos de idade, tive a oportunidade de ouvir coisas sobre a Guerra do Paraguai que me foram contadas pelo meu primo Nilson. Os “heróis” não eram aqueles que eu ouvi me contarem pela história oficial. O Paraguai era nacionalista e a nação guarani foi massacrada em um genocídio. Daquele dia em diante, pela primeira vez senti-me um privilegiado por saber coisas que talvez meus professores, pelo menos naquele momento, não me ensinariam. E, a partir daquele dia de 1976, era praticamente impossível ir na casa da tia Nilza e não passar no “escritório”.

Nilson ingressou na UFRJ em 1972, um ano após o falecimento de seu pai, o saudoso tio “Nélson Bigode”. Graduou-se em Ciências Sociais, formando-se em 1975. Concluiu o mestrado em Sociologia e Antropologia pela UFRJ e o doutorado em Ciências Sociais pela PUC/SP. Não podemos deixar de mencionar a UERJ, onde, no Departamento de Medicina Social, seu conhecimento transcendeu o compromisso acadêmico. Muita luta e combatividade por uma sociedade mais justa sempre foram os seus maiores compromissos. E o que esperar de quem foi aluno de Manoel Maurício, Madel Therezinha, Octávio Ianni e outros?

Hoje, passados 42 anos da inesquecível visita ao “escritório”, o destino nos concedeu mais um privilégio: o de presenciar a entrega solene do título de Professor Emérito da UNIRIO a Nilson Moraes. Foi uma viagem no tempo e, coincidentemente, em seu discurso, Nilson retrocedeu ao ano de 1976, relembrando um artigo por ele publicado na Folha do Professor e intitulado “Instituições Sociais e Educacionais na História”. Como o artigo é atual e como a luta por muita coisa ainda tem que continuar!

Mas hoje eu quero retroceder um pouco mais, ir para o início dos anos 1970 e lembrar a história de lutas e resistência desse primo que hoje tem grande parte de “culpa” pelo que eu sou, inclusive como professor. Nilson, juntamente com Perfeito Fortuna, Flávio Silva (um onipresente companheiro) e o clero progressista da Igreja de São Geraldo, nas figuras dos padres Antônio Olmos e Cipriano, representaram a resistência olariense à ditadura. A luta do Nilson é bem anterior ao que muitos que o conhecem podem imaginar.

O cinema Olaria, infelizmente, não mais existe. Mas o sobrado ainda está lá, altaneiro e imponente. Mas mesmo sem o cinema, aquele local ainda nos passa muitos “filmes”. Como bem lembrou o magnânimo Reitor na solenidade de hoje, “Nilson saiu de Olaria e chegou em Varsóvia”. Mas a Polônia foi só uma etapa. Nilson Moraes tornou-se um intelectual cosmopolita. De reconhecimento internacional. Para orgulho dos seus alunos, colegas, amigos e da nossa família que, certo dia, ele mesmo me disse que “era foda”. Foda é você cara! Parabéns e, lá de cima,  já podemos perceber duas estrelas cintilando de alegria: tio “Nélson Bigode” e tia Nilza presentes!

 

2 comentários sobre “NILSON: DE OLARIA PARA VARSÓVIA

  1. Nilzete Montenegro

    Obrigado primo pelo carinho. Temos orgulho de ser Olariense de nascimentos e de ainda termos diversos familiares moradores do Bairro. Parabéns pela sua bela página “Pedropaulorasgaamidia”, assim como meu irmão Emérito, também é reconhecida internacionalmente. Que o sucesso continue. Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s