MANIPULADOS E ARREPENDIDOS

os arrependidos“Fui a favor do impeachment por causa da corrupção, das denúncias. Talvez tivesse sido melhor a Dilma ficar, não está acontecendo nada de diferente em relação a antes.” (Mário Rodrigues Magalhães, ex- paneleiro arrependido).

“Quando comecei a ver o próprio Temer com as decisões dele em relação à reforma da previdência, a gente viu que foi uma coisa manipulada. Antes tivéssemos esperado um pouco para termos o direito de votar em uma nova eleição.” (Denise Lopes, ex-paneleira arrependida).

“Me deixei contaminar. Não sou a favor da Dilma, mas dizer que ela arrebentou tudo?” (Rodolfo Gonçalo, ex-paneleiro arrependido).

“Essa coisa já estava errada quando a gente foi para a rua pedir o impeachment. Teve uma manipulação, mas não podemos reclamar.” (Maísa Pacheco, ex-paneleira arrependida).

As declarações acima são parte de uma matéria da revista Época, da edição que vai às bancas na próxima segunda-feira, dia 4. Claro que os depoimentos não nos surpreendem, mas quando chegam a ser divulgados por um veículo da família Marinho, que apoiou o golpe, é porque não se trata de conspiração ou apenas “conversa de esquerdista” ou enredo da Tuiuti. Aqueles que pediram o impeachment da Dilma foram sim, enebriados e manipulados por discursos odiosos e mentirosos do grande empresariado nacional e estrangeiro e da mídia manipuladora e seus agentes ventríloquos. Em todos os segmentos. Desde “intelectuais globais” como Demétrio Magnoli e Alexandre Garcia até “Datenas” e “Ratinhos”, passando pelos pastores televisivos.

Não é de hoje que toda essa gente já percebeu o ridículo do qual se permitiram participar e, principalmente, a furada em que se meteram. Até a reforma da previdência é citada por um dos arrependidos. Mas a coisa vai muito além. A entrega do país ao capital estrangeiro está plenamente configurada e, nessas duas últimas semanas, o “preposto dos interesses estrangeiros” que preside a Petrobras, Pedro Parente, já deu o tom do “entreguismo udenista” de Temer e sua quadrilha.

A amostragem de declarações de arrependidos que divulgamos representa um universo gigantesco. Esses arrependidos também representam os partidos que apoiaram o golpe e agora não sabem onde meterem a cara, principalmente para pedir votos. E não adianta o PSDB querer se desvincular de Temer. Alckmin e sua laia, liderada pelo vagabundo que se aposentou aos 38 anos de idade, serão cobrados. Hoje eles sabem que seria muito melhor para o próprio país ter esperado o fim do mandato de Dilma e tentar derrotar o governo petista nas urnas. Eles deram até combustível para o Lula ao golpearem a Dilma e levarem o governo mais corrupto e impopular da história ao poder. Grande parte do crescimento de Lula deve-se, sem dúvida, à tragédia do governo Temer/PSDB.

As declarações dos arrependidos são o reflexo de um estelionato político-eleitoral. O programa do PT foi vitorioso nas urnas, não seria completamente cumprido em função das alianças, mas, com todas as críticas possíveis, não se compara ao crime de lesa-Pátria que vem sendo cometido por Temer e seus aliados, especialmente o PSDB. Aumentou a corrupção, aumentaram os escândalos, aumentou o desemprego e foram cortados os investimentos sociais como saúde, educação, ciência e geração de oportunidades aos mais desassistidos. Uma das paneleiras arrependidas que deu o seu depoimento, Maísa Pacheco, é dona de um sex shop. Ela lamenta a queda de seu negócio, ao dizer que, no último domingo, o faturamento total de sua loja foi de apenas 16 reais. É… Parece que os brasileiros ficaram menos felizes depois do golpe. E seus prazeres ainda andam esbarrando no “fetiche do pato”…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s