FILME SOBRE GOLPE É PREMIADO

Cartaz do documentário 'O Processo', filme dirigido por Maria Augusta RamosO golpe jurídico-midiático-parlamentar, que derrubou a presidente Dilma em 2016, já entrou para a história do Brasil como uma agressão à democracia. O golpe já virou livro e também já é disciplina em várias universidades brasileiras. Mas o golpe de 2016 também virou filme. O longa-metragem “O Processo”, dirigido por Maria Augusta Ramos, que narra os bastidores do golpe que jurídico-parlamentar que derrubou Dilma Rousseff da Presidência da República foi premiado, no último sábado, dia 5 de maio, no festival de cinema IndieLisboa 2018, em Portugal.

“O Processo” foi premiado como melhor longa-metragem a partir de uma escolha feita pelo público e pelo júri. “O Processo” foi lançado em fevereiro deste ano, no Festival de Berlim, ocasião em que foi ovacionado com gritos de “Fora Temer!” e obteve a terceira colocação. No festival Visions Du Réel, na Suíça, “O Processo” também venceu  como melhor longa-metragem e agora, em Portugal, vence mais uma vez.

“O Processo” tem seu lançamento marcado no Brasil para o próximo dia 17 de maio. O ex-presidente Lula, a ex-presidente Dilma, o ex-Ministro José Eduardo Cardoso, Chico Buarque e o golpista Michel Temer protagonizam o documentário que mostra os bastidores do golpe. Resta saber se a Netflix irá exibi-lo. Ou, quem sabe, a Rede Globo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s