FASCISTAS FANTASMAS E “FAKE NEWS”

fantasma fascista

fake news

Luciano Ayan é o administrador do site direitista “Ceticismo Político”. O site é especialista em lançar fake news e criar um ambiente de discórdia nas redes sociais. Luciano Ayan é um fascista. Mas, como muitos outros, ele é um fascista fantasma. Ele não aparece, ninguém sabe como ele é. Ninguém jamais o viu, nem em fotos. Porém, o seu site aí está, emitindo links de notícias falsas que procuram agredir as esquerdas.

Na semana que passou, o ódio figadal dos ultra-direitistas, levaram “muitos doentes com cérebros de Feliciano” a compartilharem as mais absurdas injúrias contra a vereadora Marielle Franco. E um dos grandes responsáveis por essa disseminação de mentiras contra Marielle foi o site “Ceticismo Político”, do fascista invisível Luciano Ayan. A Universidade Federal do Espírito Santo, através do seu Laboratório de Estudos Sobre Imagem e Cibercultura rastreou as fake news contra Marielle, desde suas origens. O estudo da Universidade mostrou que que o site do fascista invisível foi um dos grandes responsáveis por essa disseminação criminosa, incluindo-se aí a absurda acusação de que Marielle tinha ligações com Marcinho VP e a organização criminosa Comando Vermelho.

Porém, o fascista fantasma, Luciano Ayan, não está sozinho nessa sanha criminosa e estúpida contra Marielle. Ele agiu em conluio com a organização neofascista MBL (Movimento Brasil Livre), o grupo ultra-direitista que apóia o dono da Riachuelo, Flávio Rocha, para Presidente da República. Poucas horas após o site “Ceticismo Político” ter lançado no Facebook a fake news “Marielle se envolvia com bandidos e era cadáver comum”, os fascistas do MBL repassaram a horrenda calúnia, fazendo com que a absurda acusação contra a vereadora assassinada se expandisse de forma aterrorizante, inclusive por pessoas cônscias (porém, cheias de ódio) de que a notícia era falsa.

As buscas que vem sendo feitas para identificar os criminosos que difamaram Marielle na internet ainda continuam, mas a Universidade Federal do Espírito Santo já deu uma grande contribuição na caçada desses bandidos virtuais com ódios reais. Há o fantasma do “Ceticismo Político”, que de cético ele nada tem. Ele é um fascista dogmático. E o MBL também deve ser investigado. A organização direitista já vem, há tempos, disseminando falsas informações para atacar os movimentos sociais, desde quando eram aliados de Dória. Eles agora são financiados pelo dono da Riachuelo, Flávio Rocha. Parece que o “fascismo de grife” chegou ao MBL. Tudo muito dentro do esperado. Li recente entrevista em que Flávio Rocha mostra gostar muito de camisas apertadas e pretas. Camisas pretas? Xiiii!! Isso lembra a Itália de 1922. E não é fake news.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s