PASTORES DE ESQUERDA

lysaneaspastor henrique vieiraHenrique Vieira é cristão. Henrique Vieira é pastor. Henrique Vieira pertence à Igreja Batista do Caminho. Só que, ao contrário do que muitos podem pensar, Henrique Vieira não é conservador e nem de direita. Ele é progressista, de esquerda e pertence aos quadros do PSOL pelo qual, inclusive, já se elegeu vereador por Niterói. Existe um certo preconceito das esquerdas ao pensar que todos os evangélicos são reacionários de direita. Muitos são. Com certeza, a maioria. A bancada evangélica na Câmara dos Deputados é ultra-conservadora e reacionária. Mas isso não é uma regra. A própria história nos mostra que nem sempre foi ou é assim.

Muitos talvez nem se recordem e muitos não devem mesmo saber, mas o primeiro candidato da história do PT a governador do Rio de Janeiro foi um pastor da Igreja Presbiteriana. Foi em 1982, quando o PT disputou a primeira eleição de sua história. Seu nome: Lysâneas Maciel. Lysâneas foi uma grande resistência à ditadura militar e, eleito deputado federal nos anos 1970, denunciou as torturas e o desaparecimento de estudantes pela ditadura militar. Apesar de pastor, nunca misturou política com religião e sua atuação parlamentar levou o general-ditador Geisel a cassar o seu mandato em 1976, fazendo uso do AI-5.

Henrique Vieira é um dos exemplos que hoje representa a resistência não apenas ao avanço do conservadorismo de direita, mas também à chamada Frente Parlamentar Evangélica, bloco de deputados conservadores de direita e que apoiam, inclusive, o governo criminoso de Temer. Henrique Vieira denuncia o pastor-prefeito Crivella, dizendo que ele não representa os evangélicos, acrescentando que o projeto de Crivella é um projeto político-pessoal dele. Henrique Vieira é ativista dos direitos humanos e posta vários vídeos no Youtube fazendo denúncias e querendo mostrar que ser evangélico não significa ser fundamentalista.

Henrique Vieira deverá ser uma das alternativas do PSOL para fazer frente ao eleitorado evangélico, que geralmente segue os pastores conservadores e ultra-reacionários, como Malafaia, Valdemiro Santiago, R.R. Soares, Edir Macedo e similares.

Ser evangélico e pastor não significa, necessariamente, conservadorismo e opção pela direita. Lysâneas Maciel e Henrique Vieira são alguns exemplos. E, certamente, muitos eleitores evangélicos também deverão ser.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s