LULA, TRF-4 E OS RUMINANTES

lulaletra x, versusruminanteO julgamento do recurso do ex-Presidente Lula pelo TRF-4, amanhã, pode trazer previsíveis desdobramentos jurídicos e, também, políticos. Trata-se de um julgamento que divide o país, política e juridicamente, desde o início. Não há unanimidade nem entre especialistas. O aparato de segurança montado em Porto Alegre, a repercussão internacional e as consequências para o processo eleitoral já em curso,  sugerem que talvez seja o julgamento mais importante da história do Brasil.

Lula vem enfrentando toda a adversidade desde o início. A começar, por ter contra ele um juiz extremamente parcial e, sim, amigo, muito amigo dos tucanos. Nos anos 1990, o então anônimo juiz Sérgio Moro teve em suas mãos o Escândalo do Banestado, a maior roubalheira da história do Brasil, praticada por tucanos. Foi um roubo de 500 bilhões ou meio trilhão de reais. Estima-se que esse escândalo tucano seja 10 vezes maior do que o rombo da Petrobrás. Na época, Sérgio Moro “nada viu”. O que se questiona é: como, esse mesmo juiz, que não viu meio trilhão roubados pelos tucanos, conseguiu ver um triplex que nem no nome de Lula está?

Todo esse processo tem uma participação fundamental da mídia, que, alimentando um ódio visceral contra Lula e o PT, levou o Brasil até mesmo ao recrudescimento do neonazismo (e vocês sabem de quem estou falando). Há muita gente interessada na derrocada de Lula, visando o seu espólio eleitoral. Para muitos, o importante não é nem Lula ser preso, mas tornar-se inelegível. Mas, seja qual for o resultado desse histórico dia 24 de janeiro, o julgamento não terminará amanhã. Ainda poderão vir os embargos infringentes (caso Lula perca por 2 a 1) e os embargos declaratórios, recursos para os quais qualquer defesa apelaria, não apenas a de Lula.

Mas eu prefiro especular sobre os possíveis desdobramentos políticos. Até acho que, dificilmente, Lula deixará de ser candidato. Em último caso, ele poderia participar das eleições pendurado em uma liminar, seus votos serem contabilizados e, posteriormente o TSE os validariam ou impugnariam. Mas, pensando na possibilidade de ele não ser candidato, certamente não há, nem dentro e nem fora do PT, alguém que herdaria os seus votos. Haveria uma pulverização dos votos de Lula, beneficiando a direita. É uma possibilidade.

Mas a sanha de ódio contra Lula e o PT levou os inimigos do ex-Presidente a uma irracionalidade tão grande, que poderá acontecer com eles aquilo que chamamos de refluxo, no sentido de algo que eles lançaram contra o inimigo se voltar contra eles mesmos. Houve momentos na história do Brasil, em que o veneno lançado por golpistas e pela mídia, voltou-se contra os próprios algozes. Foi o caso de Getúlio Vargas em 1954, quando seus inimigos, pensando que ele sairia do Catete derrotado e humilhado, cometeu aquele que foi o seu maior gesto político. Seu tiro não tirou apenas a sua vida, mas acabou com a farra de Lacerda e seus comparsas, que tiveram que fugir do Rio de Janeiro, então capital do país, e esperarem ainda por 10 anos para darem o golpe. Foi o refluxo. Recentemente, no golpe do impeachment de Dilma, ocorreu algo semelhante. Os tucanos não confessam, mas ter participado daquela vergonha e ainda fazer parte do governo criminoso de Temer é algo que se voltou contra eles mesmos e, por isso, serão cobrados nas urnas. Foi outro refluxo. Imaginemos Lula condenado e, mais ainda, preso. Ele poderá virar o ícone da resistência a uma justiça parcial e politizada, denunciada até por organismos internacionais por condenar alguém sem as devidas provas. Enfim, Lula poderá virar mártir. E aí, dificilmente, seus inimigos, tanto  partidários como midiáticos, deixarão de ruminar!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s