NATAL, PAPAI NOEL E O VOVÔ GELADO

papai-noel-21A Guerra Fria durou cerca de 45 anos e dividiu o Mundo em dois blocos políticos, militares e econômicos. Os Estados Unidos e a antiga União Soviética não aceitavam, em nada,  ficar atrás do rival. À OTAN, a União Soviética respondeu com o Pacto de Varsóvia; a Yúri Gagárin, os Estados Unidos responderam com Armstrong, Aldrin e Collins; ao boicote à Olimpíada de 1980, a União Soviética respondeu com o boicote à Olimpíada de 1984. E no Natal?

Bem,  a figura de Papai Noel é a incorporação folclórica de São Nicolau, um generoso bispo nascido no século III da nossa era,  onde hoje encontra-se a Turquia. São Nicolau teria salvo três moças de terem um destino infeliz através de sua generosidade. Contam que ele presenteou-as com barras de ouro. Daí, a tradição de ele dar presentes. A criação da figura que hoje é a mais esperada pelas crianças na Noite de Natal, de certa forma apropriou-se de traços do comunismo e da União Soviética, pois sua roupa é vermelha e ele vem da região polar. Vermelho era a cor dos comunistas e grande parte da antiga União Soviética está na região polar. A figura do bom velhinho chegando do norte do planeta de trenó puxado por renas voadoras, logo tornaria-se o grande símbolo de presentes, não só para as crianças, mas o símbolo de um consumismo desenfreado, que caracterizaria a sociedade capitalista. Basta dizer que desfiles do Papai Noel antecediam a black friday, dando início oficial à época de compras. Apesar de sua cor e do local de sua “residência”, Papai Noel nada tinha a ver com o comunismo.

Em tempos de Guerra Fria, parece que o capitalismo havia se apropriado da figura de Papai Noel. Ele tornou-se o ídolo das crianças e o símbolo do consumo, coisa bem do capitalismo. E parece que seria o único. Então, alguns comunistas mais competitivos (não propriamente competentes!)  viram que o bom velhinho ocidental  capitalista também tinha que ter uma resposta. Criaram, então, o Vovô Gelado, que pretendia ser uma versão socialista do Papai Noel.

A União Soviética acabou e com ela lá se foi também o Vovô Gelado. Hoje nem se fala mais dele. Muitos nem sequer souberam que, algum dia, ele “existiu”.  Papai Noel triunfou.

No Brasil, lamentavelmente, depois de muitos anos, o país voltou ao Mapa da Fome da ONU e foi reeditada a Campanha do Natal Sem Fome. Sabemos o porquê do recrudescimento dessas vergonhas. E nessa o Papai Noel que vai passar na casa do Temer não vai poder fazer nada. Chamem, então,  o Vovô Gelado!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s