TRUMP E O “DARWINISMO VIRTUAL”

neutralidade da internetDepois da seleção natural na biologia e do “darwinismo social” preconizado pelos nazistas, estamos chegando aos tempos do “darwinismo virtual”. O ultra-direitista Donald Trump quer acabar com a neutralidade na internet, o que, em termos práticos, seria um ataque à isonomia dos usuários da rede.

A internet é, por princípio de seus próprios criadores, um território público, onde todos os usuários devem ser considerados iguais. Como o fim da neutralidade pode afetar pessoas e empresas? O fim da neutralidade faria com que alguns conteúdos tivessem prioridade na rede como, por exemplo, maior velocidade, desde que se pague por essa maior velocidade, o que faria com que o poder econômico de quem pode pagar passasse a definir os conteúdos a serem exibidos na rede. É algo similar a uma censura paga pois, pela “seleção natural” da rede, alguns conteúdos praticamente seriam inacessíveis. Plataformas como Youtube, Facebook e Google, por exemplo, dariam prioridade aos conteúdos pagos. Em outras palavras, a rede, que por definição deveria ser pública, seria privatizada.

Evidentemente, a medida não deixa de trazer um controle de conteúdos. Desde pessoas, passando por empresas, clubes de futebol, partidos políticos, jornais, blogs. Aqueles que podem pagar por maior velocidade serão priorizados e seus conteúdos mais facilmente acessados. Isso porque quem paga, teria a prioridade. Seria o fim da isonomia entre os usuários da rede.

O Marco Civil da Internet no Brasil ainda não prevê tal absurdo. O problema é que Trump é influente e também é inegável o crescimento da extrema-direita no mundo. Basta ver os casos, além dos Estados Unidos, da França, da Alemanha, da Áustria, do Chile e do nosso Brasil. Corremos o risco de termos uma censura na internet cujo filtro seria o poder econômico.

Podemos até exemplificar com nosso próprio blog. Imagine, em tal situação do fim da neutralidade, o blog pedropaulorasgaamídia.com e oglobo.com. Claro que oglobo.com tem dinheiro para pagar e ter maior velocidade e prioridade, em todas as plataformas. Nosso blog não seria mais “apto” para a sobrevivência na rede e oglobo.com sobreviveria.

Temos que ficar atentos. Recentemente discutiu-se censurar a internet. Houve um repúdio grandioso a tal proposta. Mas a censura pode vir se o Brasil seguir o modelo de Trump. Hoje privatizaram o estacionamento na Lagoa Rodrigo de Freitas. Para esses caras, privatizar a rede mundial não é muito diferente.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s