MÉDICI CASSADO NA UFRJ

médici ditadorO ditador Médici, que governou o Brasil durante os “anos de chumbo”, entre 1969 e 1974, teve o seu título de Doutor Honoris Causa cassado,  por unanimidade e aclamação, pelo Conselho Universitário da UFRJ. A láurea havia sido outorgada ao ditador em 1972, em uma época em que as universidades federais eram violentadas, sob todos os aspectos, pelos governos das casernas com a existência de “alunos-delatores” e da “polícia universitária”. Foi um período em que a instituição teve vários de seus professores cassados, banidos do país e desaparecidos. Segundo a Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos, 24 estudantes e 2 professores da UFRJ foram assassinados ou desapareceram só durante o governo Médici.

A manutenção desta láurea ao ditador que ficou marcado pelas torturas e pela institucionalização da violência de Estado no Brasil, representava um escárnio e uma afronta às memórias e às famílias daqueles que foram vitimados no governo Médici. Era uma ofensa à própria instituição, visto que a UFRJ foi sistematicamente violentada durante a ditadura do general-torturador. Não deixa de ser também uma reparação moral, ainda que tardia, a todas as vítimas de Médici pelo Brasil afora.

A cassação do título de Médici pela UFRJ foi, ainda, marcada por um grande simbolismo, visto que a revogação foi oficializada no dia 10 de dezembro de 2017. 10 de Dezembro é o Dia dos Direitos Humanos, que foram sistematicamente desrespeitados durante toda ditadura militar, especialmente durante o governo Médici. Parabéns à UFRJ pela medida, pois esta homenagem era uma agressão à Universidade, à democracia e aos direitos humanos.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s