O CAPACHO-DANÇARINO DO TEMER

marunCertamente nenhuma figura representa com mais fidedignidade a podridão do governo Temer e o PMDB do que o deputado federal Carlos Marun. O ser peçonhento em questão tem, em sua folha corrida, o fato de ser um dos defensores mais ardorosos de Eduardo Cunha e, regularmente, visita o seu bandido-chefe na prisão. Ele é o deputado que, zombando do Brasil, dançou festivamente quando a Câmara dos Deputados, com votos comprados como se viu, livrou Temer, seu novo bandido-chefe,  da segunda denúncia da PGR. Trata-se de um ancilar, um ser asqueroso que, onde quer que ele vá, tem como resposta a repulsa de todas as pessoas de bem. Até mesmo de parte do PMDB, daqueles que, embora do partido do Temer, ainda possuem algum resquício, por ínfimo que seja, de vergonha na cara.

Marun é , estrategicamente, o relator da CPI da JBS, que nada mais é do que um foro onde Temer usa o seu capacho-dançarino para vingar-se do outrora amigo de transações subterrâneas, Joesley Batista, e do ex-Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, que denunciou o golpista do Jaburu por duas vezes. E o capacho-dançarino de Temer, futuro Ministro da Secretaria de Articulação Política (acreditem!), está fazendo o serviço como bom capacho que é. Este verme em estado de putrefação conseguiu, em sua sanha de puxa-saquismo, invocar até a nada saudosa Lei de Segurança Nacional, para, em seu relatório na CPI, indiciar o ex-Procurador Janot pelo crime de “subversão à ordem política”.  Logo a Lei de Segurança Nacional, um dos entulhos da ditadura militar nada saudoso a quem preza pela democracia e pelos direitos humanos. O capacho Marun está indo ao fundo do poço, não como pessoa, pois seria muito para ele, que está abaixo do poço, mas como alguém capaz de decantar um instrumento jurídico que lembra prisões arbitrárias, torturas, desaparecimentos e uma das eras mais obscuras da história brasileira. Chegar a invocar a Lei de Segurança Nacional é algo tão descabido como a própria existência física de Marun.

Logo logo este protozoário podre estará assumindo uma pasta que tem como função negociar com o Congresso e com os partidos políticos. Com que credencial? A de ser o fiel escudeiro de Cunha? A de ser um dançarino que zomba da Nação? Ou a de ser o novo vaso sanitário do Temer?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s