O BARÔMETRO DAS URNAS

latinobarômetropesquisa latinobarômetroO nome sugere pressão: Latinobarômetro. Trata-se de um instituto de pesquisa, sediado no Chile, especializado em realizar pequisas de opinião em países latino-americanos. Atuando em 18 países, o Latinobarômetro investiga a opinião dos povos da América Latina em relação ao desenvolvimento da democracia, economia, sociedade e outros temas.  A divulgação do último resultado da pesquisa do Latinobarômetro deve, certamente, preocupar os parlamentares, especialmente os deputados federais que livraram Temer e seus comparsas de responderem por seus crimes.

Nos vários países em que atua, foi feita a seguinte pergunta à população:

Qual o problema mais preocupante em seu país?

No Brasil, apenas no Brasil, a resposta vencedora foi: corrupção. À frente mesmo de violência, saúde e criminalidade, por exemplo. Esse resultado é extremamente simbólico, visto que foi divulgado logo após o Senado e a Câmara dos Deputados terem livrado Aécio Neves e Temer, respectivamente, das evidentes acusações de corrupção em que ambos estão envolvidos. Até que ponto essa pesquisa preocupa os nossos atuais parlamentares, visto que eles estão de olho em 2018?

No caso do Senado, por exemplo, muitos senadores não ficaram constrangidos em votar favoravelmente a Aécio. Isso porque 27 dos 81 senadores não terão que enfrentar o crivo das urnas no ano que vem. A renovação será de 2/3. Na Câmara dos Deputados, no entanto, haverá eleição que possibilita a renovação das 513 cadeiras. Muitos deputados pró-Temer afirmaram que os eleitores estão mais preocupados com outros assuntos, como desemprego, economia, etc. Suponho que eles não conhecessem o resultado da pesquisa, que é de uma instituição muito conceituada.

No caso do Brasil, a pesquisa mostrou que 31% dos entrevistados consideram a corrupção como maior problema do país, seguido da situação política, com 23%. É um resultado até coerente, porque os dois itens estão absolutamente ligados.

Isto mostra que os parlamentares, principalmente os deputados federais, devem sim sentirem-se pressionados e ameaçados pelo voto popular. Não adianta o discurso fajuto de alguns defensores do Temer, ao dizerem que votaram contra a denúncia “pela estabilidade econômica do país”. Os números mostram que a população está mais preocupada com a corrupção.

A pesquisa do Latinobarômetro certamente irá tirar o sono dos defensores do golpista. Os nomes dos que defenderam Aécio e Temer nas últimas votações estão sendo divulgados e, ao contrário dos que os picaretas imaginavam, ou fingiam imaginar, a vergonhosa posição tomada por eles em seus votos irá sim pesar, e muito,  no momento do voto popular e, certamente, o barômetro das urnas falará mais alto do que “os sete dinheiros do Temer”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s